Cuiabá, Terça-feira 23/10/2018

Política de MT - A | + A

17.10.2017 | 16h50

Wilson Santos admite que VLT não ficará pronto nesta gestão

Facebook Print google plus

O secretário de Estado de Cidades Wilson Santos (PSDB) admitiu que a obra do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) não vai ficar pronta até o final da gestão do governador Pedro Taques (PSDB), em 2018. A afirmação foi feita nesta terça-feira (17), durante uma vistoria realizada na obra de drenagem do Córrego do Barbado, na Avenida Fernando Corrêa, que também faz parte do pacote de obras inacabadas da Copa do Mundo de 2014. “O VLT deve ser retomado em 2018, mas não há tempo suficiente para, no ano de 2018, ser concluído”, disse aos jornalistas.

Rafaela Zanol/Secid

Wilson Santos

Wilson atribuiu a demora na entrega do modal de transporte urbano à corrupção do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), que admitiu várias fraudes em sua delação premiada firmada com o Ministério Público Federal (MPF). “Infelizmente, o ex-governador Silval admitiu que recebeu R$ 18 milhões em propina e essa desonestidade contaminou completamente aquele processo. Então nós estamos saindo fora daquele processo e estamos agora iniciando um novo cenário”, afirmou.

O atual governo estava negociando com o Consórcio VLT para retomar a obra, mas, depois que a delação de Silval revelou que a empresa estava envolvida no esquema criminoso, as tratativas foram interrompidas e um novo processo de contratação deve ser realizado. “Eu apresentarei nos próximos dias ao governador Pedro Taques dois ou três cenários pra que ele possa mergulhar nesses cenários, estudar com profundidade e tomar a decisão que só cabe a ele. Mas eu tenho certeza de que no ano que vem a obra do VLT também será retomada”, explicou o secretário.

Conforme Wilson, o foco da gestão é retomar todas as 16 obras paralisadas da Copa, o que já ocorreu com 11 delas. “Dessas obras, muito provavelmente o governador Pedro Taques entregará, até dezembro de 2018, 15 dessas 16 obras restantes. E o VLT estará em obras em construção”, disse, destacando o Complexo da Salgadeira, o viaduto da UFMT, a Avenida do Barbado, o aeroporto Marechal Rondon, o COT da UFMT e a Avenida 8 de Abril dentre as que já estão com trabalhos em andamento.

Voltar Imprimir

Comentários

allan - 18/10/2017

é a mesma coisa de si acreditar em papai noel ou coelho da pascoa. mudas as figuras mais a malandragem é a mesma 2018 está ai vai ser a hora de dar o troco nestas ditas autoridades.

1 comentários

1 de 1

Enquete

O país vai voltar a se unir após as eleições?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 23/10/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,01 0,70%

Algodão R$ 115,18 1,08%

Boi a Vista R$ 135,67 -0,02%

Soja Disponível R$ 70,00 0,57%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.