Cuiabá, Terça-feira 13/11/2018

Política Nacional - A | + A

08.02.2018 | 16h26

Se não aprovar Previdência agora, País precisará de reforma ainda maior

Facebook Print google plus

O secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, disse nesta quinta-feira, 8, que o Brasil terá que enfrentar uma reforma da Previdência muito mais abrangente se não aprovar agora a proposta de emenda constitucional que muda as regras das aposentadorias. ‘Ainda temos tempo de fazer uma reforma de natureza preventiva. Se não fizer agora, o que terá que ser feito no futuro é muito maior‘, comentou o secretário, ao participar de debate sobre o tema na TV Estadão.

Caetano disse estar otimista sobre a aprovação da matéria neste mês e disse que os próximos dias serão de ‘muita conversa‘ com os deputados para a obtenção dos votos que faltam.

‘A reforma é mais de Estado do que deste governo‘, afirmou o secretário. ‘Para o governo, seria mais fácil deixar o tema da Previdência para a frente. Mas o governo preferiu enfrentar a questão e fazer a reforma abrangente‘, acrescentou Caetano. Ele comentou ainda que a reforma da Previdência, mesmo com todas as modificações já feitas no texto, será suficiente para sustentar a conta previdenciária nos próximos dez anos.

Após participar do debate, o secretário disse que a reforma nas aposentadorias é ‘urgente‘, ao ser questionado pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, sobre a ideia, defendida por alguns parlamentares, de votar a matéria após as eleições de outubro. ‘Precisamos trabalhar a reforma para ela ser votada o quanto antes.‘

Segundo ele, se a reforma não for aprovada agora, poderá ser necessário incluir em seu texto medidas de compensação ao tempo em que a matéria ficou suspensa. ‘Empurrar o problema para frente significa adoção de medidas mais fortes‘, declarou. 

Voltar Imprimir

Comentários

Chico Ferreira

Chico Ferreira

GD

GD

Enquete

Qual sua opinião sobre o ensino domiciliar em que os filhos são educados pelos pais em casa?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 13/11/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22,75 -1,52%

Algodão R$ 91,78 0,12%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 69,90 -1,41%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.