Gazeta Digital

Delator, ex-superintendente do BicBanco presta depoimento à Justiça Federal nesta quarta

Chico Ferreira

Chico Ferreira

O ex-superintendente do extinto BicBanco, Luiz Carlos Cuzziol, será interrogado nesta quarta-feira (12) pela Justiça Federal. A nova oitiva é um pedido da defesa do investigado, que teve o acordo de delação premiada homologado pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), em abril.

 

O réu será ouvido pelo juiz Jefferson Schineider, da 5° Vara da Justiça Federal em Mato Grosso, a partir das 13h30.
Cuzziol foi alvo da 5ª e 6ª fase da Operação Ararath e denunciado juntamente com o ex-secretário Eder de Moraes, em 2017.

 

Leia também - Condenado a 104 anos de prisão, Eder busca os holofotes

 

De acordo com a denúncia, as provas recolhidas durante as investigações apontam que foram praticadas inúmeras operações ilícitas de empréstimos bancários, totalizando aproximadamente R$ 12 milhões, com o conhecimento e colaboração do representante do BicBanco.

 

Na ação, Cuzziol foi condenado a 31 anos de prisão com 200 dias de multa em regime fechado, além de ter que pagar R$ 3 milhões a título de indenização. Também foi penalizado a outra indenização de R$ 12 milhões, junto com Eder Moraes.

 

Conforme informações, na delação, Cuzziol relata detalhadamente como se dava o esquema, valores movimentados, quem recebia os empréstimos que seriam para financiamento das campanhas políticas de Blairo Maggi (PP) e Silval Barbosa (sem partido).

 

 

 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: http://www.gazetadigital.com.br