Gazeta Digital

'A saída da Globo me abalou. Estou vivendo o meu 7 a 1'

Reprodução

Reprodução

Neymar está leve, livre e solto.

 

O pai e empresário do atacante, Neymar da Silva, decidiu não processar a modelo Najila Trindade por calúnia.

 
 

E também resolveu esquecer o processo contra o advogado José Edgard da Cunha Bueno, que teria uma compensação financeira para que Najila não procurasse a justiça, não fizesse Boletim de Ocorrência pelo suposto estupro de Neymar em Paris.

 

O pai e empresário do jogador quer que o mundo se esqueça o mais rapidamente o envolvimento do filho com a justiça. O vexame dos tapas no rosto que Neymar levou de Najila.

 

Ou seja, os principais envolvidos no maior escândalo sexual do futebol brasileiro saíram ilesos. Menos um.

 

Mauro Naves. O principal repórter esportivo da televisão brasileira foi demitido da Globo. Seu afastamento foi ruidoso, anunciado em pleno Jornal Nacional.

 

Foram 31 anos de carreira. E que acabaram por ele ter passado o telefone de Neymar pai para o advogado e seu amigo José Edgard da Cunha Bueno.

 

A cúpula diretiva da Globo não o perdoou. Porque ele não avisou que sabia do escândalo. Que Neymar havia pago passagem e estadia para Paris. A uma mulher que conheceu na Internet. E que depois, segundo ela, a teria agredido e estuprado.

A denúncia seria um furo mundial.

 

Mas Mauro tentou aproximar as partes para que resolvessem amigavelmente a questão. O repórter alegou à executivos globais que, depois do provável acordo, teria a história de forma exclusiva.

 

Mas a reação foi firme. Os donos da emissora foram duros. Mauro tinha a denúncia antes de todos os veículos de comunicação e não a relatoru à chefia.

 

A demissão foi injusta. Porque Mauro agiu da forma que sempre fez desde que entrou na Globo. Aproximou personalidades, fez inúmeras exclusivas desta maneira.

Galvão Bueno e Casagrande insistiram por seu perdão. Sua saída abalou todo o setor esportivo da emissora. Repórteres, editores, chefes ficaram do lado de Mauro.

 

Mas foi em vão. O blog já pediu uma entrevista ao repórter. Mas ele alegou ainda não ter assinado  os documentos definitivos de sua saída. Seu contrato está terminando oficialmente.

 

Mauro tem aproveitado essas 'férias forçadas' para viajar com sua esposa, Patricia Naves, pelo Brasil.

 

E foi com a youtuber e apresentadora Pollyana Morbach, em um spa, na cidade de Montenegro, no Rio Grande do Sul, que Mauro Naves falou pela primeira vez sobre o furacão que virou sua vida de cabeça para baixo.

 

Seguro, ao lado da mulher, ele se sentiu seguro para mostrar sua fragilidade. 

O baque que tomou com a demissão.

 

"Ainda estou formalizando oficialmente minha saída, então, bate aquela ansiedade: "o que fazer?" e "que caminho buscar?". Estava tenso, muito ansioso e tal! Mas isso aqui ( o spa) me ajudou demais a refletir, a pensar e a respirar...

 

"A respiração estava curtinha, acho que agora já está indo até o abdômen (risos). Eu saio transformado e cheio de energia para buscar novos caminhos.

 

"Foi um momento muito importante pra mim, diria fundamental, porque estou passando o '7 a 1' da minha vida.

"Essa saída inesperada me abalou emocionalmente de forma muito profunda, mas acho que encontrei ferramentas que vão me ajudar a digerir direito essa situação. Tenho bastante fé nisso..."

 


Fonte: Gazeta Digital

Visite o website: http://www.gazetadigital.com.br