Cuiabá, Sábado 23/03/2019

Opinião - A | + A

26.12.2018 | 07h57

Manejo do fogo florestal

Facebook Print google plus

Romildo Gonçalves

Engana-se quem defende o não manejo do fogo florestal em ambientes naturais ou antropizado para evitar desastres ambientais. Fogo se combate com fogo, esta é uma lógica inconteste quando se faz a prevenção na hora certa.

Os grandes incêndios que literalmente destroem a vida em unidades de conservação, áreas protegidas ambientes especiais... É uma realidade recorrente em ambientes representativos da flora brasileira e mundial.

 

A facilidade de ignição espontânea aliada às condições climáticas e de intempéries na vegetação tropical, contribui de forma direta para o seu alastramento e evolução no meio ambiente. No período da estiagem no Brasil, em biomas de vegetação nativa como cerrado, floresta, ou em pastagens exóticas ele tem causado estragos de grande monta.

 

Há três décadas pesquiso o fogo florestal não circunscrevendo a nosso país, buscando entender-lhe a origem, o controle, a evolução... E defendo a prática de seu manejo no meio ambiente para evitar a destruição gratuita da vida.

 

Como se sabe o fogo é um fenômeno cíclico natural que ocorre no meio ambiente independentemente da vontade do ser humano. Por lado a pressão antrópica desordenadas em curso nas últimas décadas sobre os ambientes naturais, agrava de forma frontal a vida na sua plenitude.

 

Os grandes incêndios florestais ocorrentes no mundo poderiam ser evitados se o manejo do fogo no meio ambiente fosse realizado no momento certo, respeitando as condições climáticas e de intempéries no ambiente, tufo seria bem diferente.

No entanto o que se vê é um gigantesco desperdiço de recursos públicos, morte e destruição da vida de forma gratuita, sem que nenhuma ação prática para evitar esse mal previsível.

 

O fogo é um fenômeno natural ou antropogenético presente em todos os países do mundo, desde sua descoberta cerca de cinco mil anos atrás ele faz e fará parte da evolução da vida, e como tal deve ser entendido compreendido e respeitado por todos.

 

Portanto, senhora e senhores, ou façamos o manejo nos ecossistemas ou vamos viver o resto da vida correndo literalmente atrás dos incêndios florestais no país. Se países como Espanha, Austrália, Estado Unidos, Alemanha, Portugal, México, França, Chile... Fazem por que não podemos?

 

Estudiosos do assunto vêm monitorando a ocorrência desse fenômeno em ambientes naturais ou antropizado em varias partes do mundo desde 1824. Pesquisa cientifica comprovam cada vez mais amiúde a ocorrência de Incêndio florestal em intervalos de tempo que variam de três a cinco anos causando prejuízos de grande monta.

 

Para evitar, diminuir ou amenizar é preciso planejar ações sustentáveis, criar infraestrutura de apoio e logística, para evitar desastres previsíveis. Nesse front capacitar recursos humanos seria de bom alvitre para o sucesso dessa missão.

 

A pergunta que não quer calar é! Se realmente queremos preservar a vida, é preciso tomar atitude com fundamentação técnica-científica sustentável, do contrário sabemos antecipadamente o vai acontecer no período da estiagem, não é mesmo? Fogo, fumaça e muita destruição da vida de forma gratuita.

 

Romildo Gonçalves é Biólogo é Mestre em Educação e Meio Ambiente e Perito ambiental Em Fogo Florestal

Voltar Imprimir

Comentários

Rogério - 28/12/2018

concordo plenamente, menos ideologia e mais conhecimento técnico.

1 comentários

1 de 1

Confira também nesta seção:

Chico Ferreira

Chico Ferreira

GD

GD

Enquete

Os esforços do Papa Francisco para acabar com a pedofilia na igreja católica serão bem sucedidos?

Parcial

Edição digital

Sábado, 23/03/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,90 -0,53%

Algodão R$ 93,72 0,53%

Boi a Vista R$ 135,00 -2,88%

Soja Disponível R$ 67,80 0,00%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.