Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 20/06/2019

Celebridades - A | + A

07.11.2017 | 10h35

Band troca Pânico por Copa do Mundo

Facebook Print google plus

A Band deve exibir a Copa do Mundo da Rússia, em 2018. A emissora está prestes a assinar um acordo milionário com a Globo (dona dos direitos de transmissão do evento) para contar com o mundial em sua grade no próximo ano.

Mas isso tem um custo. Em todos os sentidos. A Globo quer cerca de US$ 60 milhões pela divisão na TV aberta dos direitos da Copa. Em crise financeira, a Band terá de apertar (ainda mais) o cinto para arcar com os custos de uma transmissão desse tamanho. A produção (locação de equipamentos, envio de equipes) na Rússia é onerosa.

Daí a saída já anunciada do "Pânico" em dezembro. A emissora precisa cortar gastos e poupar investimentos em produção para poder exibir o mundial de futebol.

Além de sacrificar a programação, a transmissão da Copa da Rússia pode ainda comprometer os espaços comerciais da Band.

Segundo fontes do mercado, a ideia da emissora é colocar oito cotas de patrocínio da Copa à venda, por cerca de R$ 25 milhões cada (valor de tabela). As primeiras cotas vendidas teriam o lucro destinado diretamente para a Globo. Assim que pagasse os direitos de exibição, a Band ficaria com o restante.

O problema é que essas cotas oferecem aos anunciantes espaço nos breaks comerciais da Band por quase dois anos. Trata-se de uma tática para tentar fisgar marcas com uma entrega a longo prazo, mas também imobilizando parte da grade comercial.

A direção da emissora está dividida em relação a todos os sacrifícios que serão feitos em nome da exibição da Copa da Rússia.

Será que vale a pena?
 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

GD

GD

Publicidade

Edição digital

Quinta-feira, 20/06/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 26,10 0,77%

Algodão R$ 90,45 -0,15%

Boi a Vista R$ 136,00 0,00%

Soja Disponível R$ 68,10 0,59%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.