Cuiabá, Quarta-feira 20/02/2019

Meu Bicho e Eu - A | + A

MEU BICHO E EU 29.12.2018 | 00h05

Conheça o ‘truque do pano’ e proteja os cachorros dos fogos de artifício

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Enquanto algumas pessoas se divertem com a prática de fogos e rojões, muitos cães sofrem com medo, pois o barulho é muito forte para eles. Pensando em amenizar o sofrimento do cachorro nestes momentos, há uma técnica bem interessante chamada Tellington Touch. Nós podemos a chamar de ‘Truque do Pano’.

 

Esse método se baseia na informação de que animais que possuem esse tipo de pavor dos fogos também têm grande sensibilidade nas regiões traseiras, patas e orelhas. Sendo assim, a técnica consiste em atar o cachorro com um pano de um modo que a circulação sanguínea das regiões extremas do corpo seja estimulada, amenizando assim as tensões localizadas no dorso do animal e diminuindo sua irritabilidade. Siga os passos da imagem.   

Divulgação

Divulgação

Truque do pano

 


 

Amarre o pano no cachorro de forma que a faixa englobe peito e dorso (formando um oito) e finalize dando um nó na região traseira, mas certifique-se que não esteja exatamente sobre a coluna.   Lembre-se, é claro, de não apertar muito a faixa. Ela não pode ficar muito apertada no corpo do cão, causando desconforto ou incômodo. É importante fazer antes de iniciar os fogos.  

 

Por que funciona? 

O ato de “amarrar” o cachorro reverbera no sistema nervoso dele, que recebe a informação sensitiva, envia ao cérebro e assim o deixa mais calmo, pois esta pequena pressão ativa seu sistema nervoso autônomo.   Conforme o corpo sente a pressão das faixas, sua psique e tronco entram em harmonia, fazendo com que o cão se sinta mais seguro e possa enfrentar momentos que possam causar medo e pavor.  

 

Quem criou a técnica?

 Segundo uma publicação no site The Ann Arbor News, a técnica ‘Tellington Touch’ foi desenvolvida por Linda Tellington-Jones, que inicialmente aplicava esse método em cavalos e hoje, o procedimento é utilizado no mundo todo para amenizar também as fobias e traumas em outros animais.   Pela internet é possível encontrar produtos específicos, como tecidos e camisetas caninas anti-estresse, porém, isso não quer dizer que o cachorro vai ficar tranquilo, e sim que pode ter menos medo de situações em que antes sentia pavor.  

 

Você já testou esta técnica em seu amigão? Conte para a gente qual foi a sua experiência!

 

Fonte e imagem: blog.geracaopet.com.br

*Página semanal com atualização aos sábados 

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

Abriria mão de direitos como 13º e FGTS por uma remuneração maior?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 20/02/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,95 1,34%

Algodão R$ 92,60 -0,26%

Boi a Vista R$ 137,33 -0,49%

Soja Disponível R$ 64,80 -0,15%

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.