Cuiabá, Sábado 22/09/2018

Variedades - A | + A

30.06.2018 | 00h51

Abertura do Festival de Inverno reúne 20 mil pessoas para ouvir João Bosco & Vinicius

Facebook Print google plus
João Vieira

Um público estimado em 20 mil pessoas logo na abertura da festa, em plena noite de sexta-feira, mostrou mais uma vez o que representa o Festival de Inverno de Chapada. A festa chega em sua 33ª edição com uma programação diversificada com 5 grandes shows nacionais além de duplas e bandas com artistas regionais e uma série de atividades pensadas para agradar diferentes gostos, estilos e idades.

Na abertura do evento, realizado pelo Grupo Gazeta de Comunicação e Prefeitura de Chapada dos Guimarães com o apoio de empresas patrocinadoras e o governo do Estado, a atração mais esperada era a dupla João Bosco & Vinicius. E não poderia ser diferente. Afinal, completar 25 anos de carreira num segmento tão disputado, como é o universo do chamado sertanejo universitário, com duas músicas entre as 15 mais tocadas nas rádios de todo o Brasil, não é para qualquer artista.

Fotos: João Vieira

Antes de subir ao palco a dupla conversou com a reportagem do Jornal A Gazeta dentro do camarim. Explicou que além das canções Super-homem chora (atual música de trabalho que está entre as 15 mais tocadas do País), e Não era você (que ficou entre as 10 mais tocadas durante 3 meses no Brasil), o público do Festival seria contemplando com um show inesquecível. Confira os clipes das duas músicas no final da matéria.

“Essa é a nossa 1ª vez aqui na Chapada, nesse Festival que é tão falado pelo Brasil inteiro. Então, a gente se sente lisonjeado de estar aqui participando. Vamos subir no palco e fazer um show à altura desse público aqui presente. E agradecemos a galera da Gazeta pela confiança no nosso trabalho” disse João Bosco.

“Estamos num momento maravilhoso. Esse ano a gente completa 25 anos de carreira e acabamos de trabalhar a música Não era você que ficou entre as top 10 do país. A gente está muito feliz. Estamos divulgando também o projeto Segura Maracaju (composto por 15 faixas) que é uma releitura do nosso primeiro CD. Estamos vivendo um momento muito especial”, completou Vinicius. “E estamos prontos para subir no palco e trocar uma energia maravilhosa com esse público”, pontuou.

João Vieira

No show de cerca de 1h30, os grandes sucessos de mais de duas década de carreira, juntamente com as últimas músicas trabalhadas pela dupla. “Não pode faltar a Chora me Liga e também alguns covers de amigos. A gente vai fazer o que o povo pedir”, resumiram os artistas, minutos antes de subirem ao palco do Festival.

Atrações regionais

Com um ano de carreira, os "meninos" Conrado e Gabriel foram os primeiros a subirem ao palco. A dupla trouxe os hits voltados para o sertanejo universitário, pagode de violão e modão.
No palco, deixaram como marca a alegria e o amor pela música. "Para nós essa foi uma oportunidade única para a nossa carreira. Poder apresentar um pouco do nosso trabalho ao público é muito importante", disse Conrado. Além deles, as atrações regionais do 1º dia incluíram os cantores Cristina e Regina e Denner e Douglas.

Compromisso com Chapada e com a alegria

João Vieira

Presidente do Grupo Gazeta, João Dorileo Leal destacou que cada edição do Festival de Inverno representa sempre uma renovação de compromisso com Chapada dos Guimarães.

“Um evento de grandeza nacional, eu diria até internacional pelos artistas que se apresentam aqui. E pra nós do Grupo Gazeta é uma alegria renovada, um orgulho ser escolhido mais uma vez, pois é um evento que pertence ao município de Chapada e ser convidado para continuar realizando o Festival é muito gratificante”.

Dorileo Leal ressaltou que a proposta continua sendo proporcionar shows de qualidade sempre gratuitos. “Mais uma vez estamos preparados para um grande festival, de muita alegria, um festival que coincide com a Copa do Mundo. E estamos prezando muito pela segurança além da descontração, da alegria e entretenimento que vamos promover nessas duas semanas. Acreditamos e trabalhamos para termos um festival muito tranquilo e seguro”.

                     

Por fim, Dorileo ainda destacou que o Festival aquece a economia local e contribui promovendo o turismo no Estado. “Eventos dessa natureza deveriam se repetir em outras regiões do Estado como Bom Jardim, Cáceres, Poconé, Barão de Melgaço, Barra do Garças, enfim. Acho que seria interessante, Mato Grosso tem muito a ofertar na área de turismo”, observou. (Colaborou Aline Almeida, repórter do jornal A Gazeta)

Serviço - O 33º Festival de Inverno de Chapada dos Guimarães será realizado de 29 de junho a 8 de julho, com entrada franca. É uma realização do Instituto Usina e do Grupo Gazeta de Comunicação, com apoio da Prefeitura Municipal de Chapada dos Guimarães, Governo de Mato Grosso e Assembleia Legislativa, além do Exército Brasileiro e iniciativa privada.

                   

                   

Voltar Imprimir

Comentários

Enquete

O horário político no rádio e TV está sendo útil na sua escolha pelos candidatos?

Parcial

Edição digital

Sábado, 22/09/2018

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 26.000 -1.140

Algodão R$ 117.270 1.060

Boi a Vista R$ 128.250 -0.580

Soja Disponível R$ 68.500 -1.230

Classi fácil
btn-loja-virtual

Mais lidas

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.