Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 11/08/2020

Colunas e artigos - A | + A

23.11.2019 | 11h35

Black Friday na Odontologia: não!

Facebook Print google plus

Sandro Stefanini

Divulgação

Divulgação

A Black Friday é uma das datas mais esperadas por lojistas e consumidores norte-americanos. Antes relacionada a uma crise econômica do país em 1869, hoje ela tem relação direta com a Ação de Graças nos Estados Unidos, já que ocorre logo depois deste feriado. Filas quilométricas e pessoas desesperadas para comprar um produto pela metade do preço (em alguns casos por até menos da metade) não são incomuns.

 

No Brasil, o comércio notou a possibilidade de aquecer as vendas neste período pós Dia das Crianças e pré-festividades natalinas. Em 2018, por exemplo, a Black Friday movimentou cerca de R$ 2,9 bilhões e, neste ano, são esperados R$ 3,15 bilhões. Assim, nosso país foi absorvendo a data com descontos e promoções especiais.

 

E aí a Black Friday chegou à Odontologia.

 

Procedimentos – estéticos ou não -, consultas, exames...não são poucas as possibilidades que muitos profissionais da área tem ofertado ao seu “público”, via redes sociais ou de forma física, em seus consultórios. Ações como essa me entristecem.

Não por atualmente estar como presidente do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT), mas principalmente por saber que nossa profissão não é uma mercadoria. Nossos pacientes não são consumidores ávidos por descontos. Lidamos com saúde. A saúde, bem como nossa profissão, não é uma mercadoria.

 

Ao nos formarmos como cirurgiões-dentistas, juramos fidelidade ao dever da profissão, além de, claro, agirmos dentro da lei, com ética, dignidade e responsabilidade. Ética, portanto, não é um princípio negociável. Ética não pode ser colocada em liquidação, promoção ou desconto.

 

Lutamos, enquanto conselho de classe, por uma Odontologia cada vez mais forte, unida e com foco no atendimento de qualidade da população brasileira. Assim como lutamos contra os práticos, que agem com má-fé, lutamos para que sejamos valorizados e respeitados todos os dias e cada vez mais.

 

Para o respeito, portanto, precisamos entender que a Odontologia não é negociável, não é mercadoria e não deve ser medida conforme promoções. A Black Friday passa, nosso legado enquanto profissionais que primam pela saúde e qualidade de vida de nossos pacientes fica.

 

Sandro Stefanini é cirurgião-dentista em Mato Grosso, professor de Odontologia e está como presidente do Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT).

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 11/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,10 0,50%

Algodão R$ 90,19 0,73%

Boi a Vista R$ 136,00 0,00%

Soja Disponível R$ 65,40 0,23%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.