Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 30/09/2020

Colunas e artigos - A | + A

11.11.2019 | 11h43

Pensar, sentir e agir

Facebook Print google plus

Paulo Eduardo de Barros Fonseca

Divulgação

Divulgação

Penso, logo existo! O filósofo francês René Descartes – 1596/1650 –, em suas “Meditações”, questiona o conhecimento tido como correto e, após duvidar de sua própria existência, emitiu a opinião de que em sendo um ser pensante, existia. Para ele, “a essência do homem é pensar.”

 

No mesmo sentido, o espírito de André Luiz afirmou que “a ideia é um ser organizado por nosso espírito, que o pensamento da forma e ao qual a vontade imprime movimento e direção”. “O mundo é criado pelos pensamentos”, exortou Buda. 

 

O pensamento, que goza de plena liberdade porque a ele não podem ser impostas quaisquer barreiras ou limites, desmaterializa o mundo exterior para torná-lo numa imagem interior, de modo que o homem pode se aprofundar em si mesmo.

 

Kardec, no Livro dos Espíritos, destaca que “quando o pensamento está em alguma parte, a alma também aí está, pois é a alma quem pensa. O pensamento é um atributo” (perg. 89-a).

 

Esse atributo tem relevância nos processos de mudança porque, ao trocarmos com o mundo exterior e o interior, estabelecemos a ponte entre o pensar e o agir por meio do sentir, que fertiliza o terreno das emoções.

 

Sentir, etimologicamente, significa ter sensação, receber impressão, perceber, conceber. Os pensamentos determinam o estado de nossa consciência e exercem forte influência em nossos sentimentos e nas ações que são praticadas ao tornar a imagem interior em realidade. Quando a ideia fomenta as emoções nasce à fonte motivadora da ação, porque se pensar é criar o pensamento e a ação marcham unidos.

 

O pensamento gera sentimento que, por sua vez, provoca a ação.

 

Daí a importância do cultivo dos bons pensamentos, que fortalecem o corpo e o espírito, mesmo porque, se nossas ações são resultado das ideias que geramos, nosso sofrimento ou nossa felicidade está diretamente ligada à forma de como pensamos, sentimos e agimos.

 

Paulo Eduardo de Barros Fonseca é vice-presidente do Conselho Curador da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho, mantenedora da  Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Na sua opinião, por que tantos candidatos milionários querem entrar na política?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 30/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,95 0,96%

Algodão R$ 90,16 -0,64%

Boi a Vista R$ 137,50 -0,09%

Soja Disponível R$ 68,80 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.