Publicidade

Cuiabá, Sábado 19/10/2019

Fogo Cruzado - A | + A

25.05.2019 | 11h31

Barbudo quer proibir termo 'carne' para alimentos que não sejam de origem animal

Facebook Print google plus

Marcus Vaillant

Marcus Vaillant

Deputado estadual Nelson Barbudo (PSL) foi destaque negativo em uma página nas redes sociais denominada “Proposições que vão mudar sua vida”. Isso porque o parlamentar apresentou um projeto de lei que visa proibir o termo ‘carne’ para alimentos que não sejam de origem animal.

 

Conforme o artigo 1º da PL, de número 2876/2019, “nas embalagens, rótulos e publicidade de alimentos, a palavra ‘carne’, assim como seus sinônimos e derivados ‘bife’, ‘hambúrguer’, ‘filé’ e ‘bacon’, ficam exclusivamente reservadas a todos os tecidos comestíveis de espécies de açougue, englobando massas musculares, com ou sem base óssea, gorduras, miúdos, sangue e vísceras, podendo os mesmos ser in natura ou processados”. 

 

Justificativa do projeto expõe que a carne é considerado um alimento nobre pois serve para produção de energia e de novos tecidos orgânicos, contudo, vem sendo utilizada de maneira ‘equivocada’ pela grande mídia e pela população, já que existem termos como ‘carne de soja’ e ‘carne de jaca’ para designar alimentos de origem vegetal. 

 

“Além de criar uma concorrência dos produtos de origem vegetal com os de origem animal, o consumidor é induzido a crer que, ao adquirir um produto de origem vegetal, está ingerindo alimento similar à carne quando, na verdade, está ingerindo extratos, polpas de frutas e etc, que não possuem o mesmo caráter nutricional”, disse o deputado em trecho da proposta.  

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

zilbo fortes - 26/05/2019

Pensa num político inteligente; com tantas coisas para se preocupar na câmara federal em relação ao país.

Leandro - 25/05/2019

tantas coisas mais importantes, vai proibir nome de alimentos, é prá acabar...

2 comentários

1 de 1

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

O governo tem um ministro condenado, três denunciados e dois investigados. Está na hora de fazer trocas?

Parcial

Edição digital

Sábado, 19/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,55 -1,88%

Algodão R$ 93,98 -1,97%

Boi a Vista R$ 135,30 -0,95%

Soja Disponível R$ 71,20 -1,11%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.