Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 15/10/2019

Fogo Cruzado - A | + A

28.07.2019 | 10h31

Trio parada dura se une contra projeto de Mendes na Assembleia

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Com ideologias e partidos diferentes, uma união incomum tem dado força à oposição na Assembleia Legislativa. Wilson Santos (PSDB), Lúdio Cabral (PT) e Ulysses Moraes (DC) tem um inimigo em comum: o projeto que reinstitui os incentivos fiscais.

 

Enquanto Lúdio, que já foi adversário de Wilson em eleições passadas, quer barrar a votação para obrigar o governo a fazer uma proposta para os servidores da educação em greve, Wilson utiliza argumentos jurídicos para adiar a votação do projeto, que não traria vantagens para o Estado.

 

Já Ulysses aposta na mobilização junto aos setores (agro, comércio e indústria) para barrar um “aumento de impostos”, que ele afirma não ser prioridade, e sim uma maior organização do governo.

 

Independente do argumento defendido, o trio tem feito barulho e chamado a atenção nos debates e adiamentos da votação do projeto.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Ter um diploma leva a uma maior remuneração?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 15/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,40 -0,49%

Algodão R$ 97,12 0,17%

Boi a Vista R$ 137,33 0,24%

Soja Disponível R$ 68,20 -0,44%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.