Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 21/10/2020

Brasil - A | + A

suposta interferência na PF 17.09.2020 | 09h26

AGU pede para o Supremo permitir que o presidente Bolsonaro deponha por escrito

Facebook Print google plus

Carolina Antunes/PR

Carolina Antunes/PR

A AGU (Advocacia-Geral da União) enviou nesta quarta-feira (16) um pedido para que o ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), reconsidere sua decisão e permita que o presidente Jair Bolsonaro preste depoimento por escrito.

 

No inquérito em questão, o presidente é investigado pela suposta interferência na Polícia Federal. As acusações foram feitas pelo ex-ministro da Justiça Sérgio Moro no momento em que deixou o cargo. Em depoimento, o ex-juiz afirmou que a reunião ministerial ocorrida em 22 de abril era uma prova da interferência.

 

Leia também - Demitido por Bolsonaro é nomeado assessor especial do ministro Salles

 

Ao determinar que Bolsonaro compareça presencialmente para prestar o depoimento, Celso de Mello afirmou que a oitiva por escrito é permitida aos Chefes dos Três Poderes quando eles são testemunhas ou vítimas, mas não quando são investigados ou réus.

 

A Advocacia-Geral requer a reconsideração da decisão ou a concessão de efeito suspensivo para que a oitiva não ocorra enquanto o colegiado competente não julgar o recurso.

 

"Não se pede nenhum privilégio, mas, sim, tratamento rigorosamente simétrico àquele adotado para os mesmos atos em circunstâncias absolutamente idênticas em precedentes recentes do próprio STF", aponta a AGU.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 21/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 57,50 1,77%

Algodão R$ 118,67 3,64%

Boi a Vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 156,30 0,35%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.