Publicidade

Cuiabá, Sábado 05/12/2020

Brasil - A | + A

10 vítimas fatais 19.10.2020 | 13h56

Cervejaria Backer reabre bar em BH e revolta famílias de vítimas de cerveja

Facebook Print google plus

Reprodução / Instagram

Reprodução / Instagram

O restaurante da cervejaria Backer, na região Oeste de Belo Horizonte, voltou a funcionar, neste sábado (17). A reabertura revoltou familiares das vítimas da intoxicação causada por bebidas da marca, que provocou a morte de ao menos 10 pessoas.

 

O espaço reabriu um dia após 10 pessoas entre sócios e funcionários da empresa virarem réus no processo referente ao caso que também deixou mais de 20 doentes. Segundo a Prefeitura de BH, o alvará do restaurante está em dia e não há impedimentos para ele funcionar.

 

Vídeos publicados nas redes sociais mostraram a preparação do evento de inauguração. Uma das cervejas que eram produzidas pela Backer, a Capitão Senra, foi relançada com novo rótulo. Convidados brindaram e comemoraram a reabertura da casa.

 

Leia também - Bolsonaro pede ajuda árabe para levar produtos nacionais à Ásia

 

Como a fabricação da Backer foi suspensa pelo Ministério da Agricultura, a produção das bebidas vendidas na reabertura foi realizada por uma cervejaria parceira, a Germania, que fica localizada no interior de São Paulo. A volta das atividades no local deixou parentes de vítimas da cervejaria indginados.

 

Eliana Reis, mulher de uma das vítimas da intoxicação pela cerveja, não acreditou quando viu as imagens de comemoração ao relançamento da bebida.

 

— Tem uma faixa lá [na fábrica] que diz que, apesar da reinauguração, querem prestar homenagem às vítimas. Não tiveram empatia no início, não estão tendo no meio e não estão tendo no fim.

 

O marido de Eliana foi intoxicado por dietilenoglicol e morreu em julho desse ano. José Osvaldo de Faria, de 66 anos, foi a nona vítima da Backer. Ele morreu depois de ficar um ano e meio internado em uma unidade de terapia intensiva.

 

Guilherme Leroy, advogado de uma das vítimas, lamenta que a empresa esteja priorizando a retomada dos negócios.

 

— Continuamos, ainda, com a expectativa de conseguir, seja mediante o comportamento da empresa, que parece preocupar com as vendas da cerveja e não com as vítimas, ou mesmo com a Justiça para que essas pessoas possam receber as indenizações.

 

Funcionamento

A prefeitura informou que o alvará de funcionamento do restaurante da cervejaria está regular e que não existe nenhum impedimento para que a casa volte a funcionar por causa das contaminações.

 

A reportagem do R7 entrou em contato com a cervejaria Backer para saber se irão comentar sobre a volta das atividades e aguarda retorno.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Edição digital

Sexta-feira, 04/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 59,70 -0,17%

Algodão R$ 126,18 -0,57%

Boi à vista R$ 249,16 -1,37%

Soja Disponível R$ 153,00 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.