Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 14/08/2020

Brasil - A | + A

orçamento de R$ 229 bilhões 07.05.2020 | 14h48

Estudo aponta que 112 milhões poderão ter de receber auxílio

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Um estudo aponta que, no cenário mais grave, 112 milhões de brasileiros, mais da metade da população, poderá ter de receber auxílio emergencial em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

 

Os dados fazem parte de um estudo elaborado pelo IFI (Instituição Fiscal Independente), órgão do Senado Federal, e publicado nesta quinta-feira (7).

 

Leia também - Ministério da Saúde envia profissionais da Força Nacional do SUS para o Amazonas

 

Destes 112 milhões que poderão ter de receber o auxílio, 60 milhões são do grupo 1 (cadastrados via Caixa), 19,9 milhões são do grupo 2 (cidadãos inscritos no CadÚnico e que também são beneficiários do Bolsa Família) e 32,2 milhões são do grupo 3 (cidadãos inscritos no CadÚnico, mas que não são beneficiários do Bolsa Família). Dessa forma, a despesa total do auxílio emergencial por três meses (abril, maio e junho) superaria os R$ 229 bilhões.

 

O auxílio emergencial é um benefício no valor de R$ 600, que pode chegar a R$ 1.200 em alguns casos, destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus.

 

Até o 1º de maio, a despesa total com o programa foi de R$ 35 bilhões – o montante foi pago para 50 milhões de pessoas (dos 50,5 milhões de elegíveis), sendo que, destas, 40,8 milhões receberam R$ 600, e 9,2 milhões eram mulheres chefes de família monoparental, tendo, portanto, recebido R$ 1.200.

 

A análise feita pelo IFI mostra projeções sobre a quantidade de pessoas alocadas nos três grupos. De acordo com o estudo, comandado pelo analista Alessandro Casalecchi, o grupo 1 deve continuar crescendo por, pelo menos, três razões. “Verificação da elegibilidade de aproximadamente 18,6 milhões de cadastros, a possibilidade de ainda haver elegíveis por se cadastrar e a trajetória da taxa de desemprego para os próximos meses ainda ser incerta”, pontua.

 

O grupo 2, avalia o analista, não tem muito espaço para crescer, “pois 96% de seus membros já recebem o auxílio emergencial”. “Mesmo que a queda da atividade econômica transforme os 4% restantes em elegíveis, haveria um aumento de 700 mil pessoas no total de beneficiários. Trata-se de um contingente grande em termos absolutos, mas não quando comparado com a escala que o programa já adquiriu”, examina.

 

Por fim, o espaço para crescimento do número de beneficiários no grupo 3 é maior que no ajuntamento anterior. “Apesar de estarem inscritos no Cadastro Único, os elegíveis representam apenas 34% do total do grupo. Com um eventual agravamento das condições econômicas, parte dos demais 66% poderia se tornar elegível, à medida que sua renda cai ou seu emprego é perdido. Estes 66% equivalem a 21,3 milhões de pessoas.

 

Dentre os dados analisados, o estudo considera que o cenário-base, de acordo com as informações atuais, implica uma despesa total do programa em 2020 de R$ 154,4 bilhões, com 79,9 milhões de brasileiros beneficiados.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 14/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,30 -0,52%

Algodão R$ 92,15 -0,26%

Boi a Vista R$ 138,50 -1,07%

Soja Disponível R$ 59,90 -1,32%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.