Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 19/11/2019

Cidades - A | + A

Deu em A Gazeta 21.10.2019 | 08h02

100 bairros aguardam asfalto na Capital

Facebook Print google plus
Dantielle Venturini

redacao@gazetadigital.com.br

Marcus Vaillant

Marcus Vaillant

Asfalto na porta de casa ainda é o sonho para muitos cuiabanos. Na Capital, 30% dos bairros ainda não são completamente asfaltados. Dos 325 existentes na cidade, 100 bairros possuem mais de 300 quilômetros em ruas que aguardam pavimentação e, a maioria, mais de 60%, está na região Sul. Secretaria de Obras de Cuiabá acredita que a universalização do asfalto é possível mas que deve levar em média 10 anos. Para especialista, isso é uma utopia. Obras de asfaltamento demandam investimentos em torno de R$ 1 milhão a cada 1 km.

 

A secretaria dividiu a Capital em 4 regiões, sendo a Oeste, que abrange parte do centro, a que menos possui bairros com ruas sem asfalto. Nessa região apenas 16 bairros precisam receber serviço de pavimentação. A região Leste, onde estão bairros como Dom Aquino e Jardim da Américas, ainda tem 18 bairros nessas condições. Já a Sul, que abrange a região do Coxipó, possui 44 bairros à espera dos serviços. Na região Norte, no fundo do CPA, 21 ainda convivem com a terra.

 

Moradores reclamam da demora das obras e dos problemas diários enfrentados. Na rua 11 do bairro Castelo Branco, a costureira Jacira Martins, 46, afirma que sofre com problemas de saúde por causa da poeira e, no período chuvoso, sofre com a lama. “O ano todo eu tenho problemas. Se está seco é muita poeira, eu tenho bronquite e a situação fica difícil. Se está chovendo, vira lama. Carro passa na porta de casa jogando lama na gente”.

 

O bairro já está recebendo obras para a pavimentação mas, não há previsão de entrega. Quando a reportagem esteve no local não havia nenhum trabalhador, apenas as máquinas.

 

Secretário Vanderlúcio Rodrigues reconhece que muitos bairros ainda precisam de asfalto, alguns até mesmo de obras de conclusão dos quilômetros que faltam e afirma que as obras têm avançado mas, que Cuiabá também tem crescido e, com isso, cresce a demanda por pavimentação. Além disso, as obras de asfaltamento demandam investimentos altos, em torno de R$ 1 milhão a cada 1 km.

 

Ele afirma que o programa de infraestrutura viária lançado pela Prefeitura de Cuiabá, “Minha Rua Asfaltada”, segue avançando pela cidade e já apresenta resultados significativos em mais de 40 bairros. São os casos, por exemplo, dos bairros Jardim União, Jardim Florianópolis, Jardim Umuarama, Santa Cruz, Bela Vista, Dr. Fábio Leite 1 e 2, onde estão sendo realizadas obras de drenagem, pavimentação, e construção de meio-fio e calçadas.

 

Com várias frentes de trabalho atuando em diferentes etapas, conforme o cronograma preestabelecido, o programa está levando mais de 220 km de asfalto, mas o ritmo das obras deve diminuir nas próximas semanas por causa das chuvas. “Nessa época de chuva não tem como dar continuidade, aí o pessoal dedica ainda mais nos serviços de manutenção que já ocorrem diariamente”. O secretário explica que a prefeitura tem concentrado esforços em asfaltar 100% dos bairros que estão recebendo serviços já que, um dos problemas encontrados, é que em gestões anteriores alguns desses locais tiveram apenas a linha de ônibus pavimentada, como é o caso do Real Parque. “Em muitos desses locais o asfalto é perdido e precisa ser todo refeito, pois como as outras ruas não são, toda água e terra descem até ele e deteriora”.

 

Em relação à qualidade, o secretário ressalta que tem sido feito sistema de drenagem para garantir o escoamento das águas. Além disso, a concessionária que é responsável pelos serviços do esgoto está com frentes de obras em 2 a 3 pontos. “Esgoto é terceirizado e a concessionária está realizando obras”.

 

Confira reportagem completa na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Na sua opinião o Brasil tem partidos políticos demais?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 19/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,20 2,42%

Algodão R$ 93,09 -0,50%

Boi a Vista R$ 131,18 -0,07%

Soja Disponível R$ 68,15 0,52%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.