Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 06/04/2020

Cidades - A | + A

Campeão cuiabano 26.02.2020 | 19h57

2 minutos garantem vitória do Boca Suja no Carnaval de Cuiabá

Facebook Print google plus
Eduarda Fernandes

eduarda@gazetadigital.com.br

O Bloco Boja Suja é o campeão do Carnaval de Cuiabá, em 2020. O quesito que lhe deu a vitória foi somente o tempo que permaneceu no sambódromo, 52 minutos e 41 segundos. Os demais blocos, Vaidade, Unidos do “Carumbé”, Império de Casa Nova, Unidos do Araés e Melados, foram todos desclassificados. O regulamento, assinado pelas escolas participantes, estipulava que cada desfile deveria durar um mínimo de 50 minutos e no máximo 60. Os desclassificados percorreram a avenida em menos de 40.

 

As escolas de samba têm 5 dias para interpor recurso que será analisado pela Procuradoria Geral do Município (PGM). "Evidentemente que o contraditório é importante. Por isso que nós abrimos 5 dias úteis para que questionem, levantem argumentos e a PGM vai se manifestar com parecer técnico", disse o secretário adjunto de Cultura e presidente da Comissão Julgadora, Justino Astrevo.

 

Leia também - 7 dicas para voltar com tudo depois do Carnaval

 

O "Boca Suja" embolsará R$ 35 mil pela vitória, conforme anunciado anteriormente. Caso não tivessem sido desclassificados, o segundo receberia R$ 25 mil, o terceiro R$ 20 mil, o quarto R$ 10 mil, e o quinto e sexto bloco R$ 5 mil cada. Ao todo, R$ 100 mil seriam distribuídos.

 

Por conta da desclassificação, as notas não chegaram a ser lidas e as urnas permanecerão lacradas para o caso de algum recurso ser acatado. "O regulamento é muito claro, regulamento esse que não foi feito pela comissão, foi feito pelos próprios blocos. Nós da comissão damos veracidade e legitimidade para o regulamento. Então colocou lá que tinha o tempo mínimo de 50 minutos. Os que desfilaram com tempo menos que esse foram desclassificados", explica Justino.

 

A apuração ocorreu nesta quarta (26) no mesmo local do desfile, o Parque de Exposições Jonas Pinheiro, também conhecido como Acrimat. Justino Astrevo iniciou a cerimônia fazendo leitura do regulamento. Deu especial destaque ao artigo 14, que trata do tempo de desfile. Chamou no palco um representante de cada escola para que vissem e confirmassem o regulamento assinado por cada uma das escolas participantes. "O regulamento está aqui assinado por todos. Quando fizeram a inscrição, assinaram e levaram uma cópia. O tempo mínimo estabelecido para os desfiles é de 50 minutos. Abaixo desse tempo, o bloco será desclassificado. E esse é o único artigo que trata de desclassificação, os outros é de perda de ponto apenas", ressaltou Justino.

 

O secretário então leu o tempo de desfile de cada escola. Vaidade 32 minutos e 4 segundos. Unidos do Carumbé 29 minutos e 02 segundos. Império de Casa Nova 29 minutos e 41 segundos. Unidos do Araés 31 minutos e 16 segundos. Melados 34 minutos e 28 segundos. 

 

Ao anunciar a desclassificação, a confusão se armou. Aos gritos, representantes das escolas questionavam diversas falhas do evento. Uma delas foi referente ao telão que marcava o tempo de cada escola, que teria apagado durante o desfile da "Vaidade". Além disso, questionavam a validade do regulamento.

 

Insatisfação

 

Chico Ferreira

Apuração Carnaval

 

O Rei Momo de Cuiabá 2019/2020 Daniel Victor, representante do "Unidos do Araés", ficou revoltado com o resultado. "É uma lástima o Carnaval cuiabano, todo ano se afunda em problemas, em confusão. Esse ano era para ser um Carnaval tranquilo, a própria prefeitura chamou de Carnaval da Gente, mas a desorganização da secretaria de Cultura é todo ano nítida. Não consegue sequer organizar um Carnaval, não consegue ajudar os blocos a se organizar e botar na avenida. Isso é uma lástima e o Carnaval de Cuiabá só vai afundar", disparou em entrevista ao Gazeta Digital. Mesmo com todo o alvoroço, não houve brigas no local. A Polícia Militar estava com quatro viaturas e 10 policiais fazendo a segurança da cerimônia. 

 

Comemoração

 

Revolta de um lado, alegria de outro. Enquanto a maioria buscava encontrar maneiras de reverter a desclassificação, os membros do "Boca Suja" se esbaldaram com a notícia da vitória. "Essa vitória representa tudo, o trabalho que foi feito. Três meses e meio chegando às 8h e saindo 1h da madrugada. Esse é um trabalho de uma comunidade, não só de uma pessoa, mas de várias, dessa comunidade maravilhosa que nos apoiou muito", comemorou o presidente do bloco Gabriel Augusto.

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

A cloroquina está liberada para o tratamento dos pacientes do coronavírus no Brasil, mas a polêmica continua

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 06/04/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,50 -0,76%

Algodão R$ 94,92 0,04%

Boi a Vista R$ 136,67 -0,02%

Soja Disponível R$ 70,20 0,29%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.