Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 12/12/2019

Cidades - A | + A

luz cortada 16.07.2019 | 19h28

Após quitar dívida de R$ 1,8 milhão, os campi da UFMT têm energia restabelecida

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Reprodução

Reprodução

Desde o início da manhã desta terça-feira (16) sem energia elétrica devido ao atraso no pagamento de 6 faturas, os 5 campi da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) voltaram a ter luz. A informação foi confirmada pela assessoria da instituição.

 

Leia também - Pedro Taques mandou grampear vice-governador, diz coronel Lesco

 

O total da dívida era de R$ 1,8 milhões, referentes a atrasos de 2018 e 2019. O repasse para quitar o débito foi feito pelo Ministério da Educação (MEC). Durante todo dia a comunidade universitária se mobiliou em reuniões para solucionar o problema.

 

Conforme noticiado pelo , houve uma notificação da concessionária de energia sobre o corte. Apesar de a notificação ser recente, a dificuldade da universidade em arcar com as despesas básicas se arrasta há meses. 

 

A reitora da UFMT, Myrian Serra, informou que desde 2014 a unidade de ensino sofre com cortes no orçamento. Com o corte, atividades acadêmicas foram prejudicadas. O Hospital Veterinário, por exemplo, teve atendimentos suspensos e internações canceladas.

 

Ministro da Educação, Abraham Wintraub, afirmou por meio de seu Twitter que irá adotar medidas judiciais para responsabilizar os envolvidos no ato e atribuiu o ato ao que chamou de má gestão. 

 

“Os quatro campi sem luz por falta de gestão da própria instituição? Isso não dá. Já solitcitei que a luz seja religada imediatamente”, afirmou o ministro.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Sobre o aumento no número de casamentos gays no Brasil no último ano

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 12/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,70 1,47%

Algodão R$ 93,57 0,71%

Boi a Vista R$ 136,00 0,18%

Soja Disponível R$ 60,80 -2,72%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.