Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 18/09/2020

Cidades - A | + A

16 DIAS DE FOGO 06.08.2020 | 15h02

Avião da Marinha atua em incêndio em MT que destruiu 66 mil hectares do Pantanal

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Uma aeronave da Marinha Brasileira chegou a Mato Grosso para ajudar no combate ao incêndio florestal que consome milhares de hectares no Pantanal. O fogo já dura 16 dias e 66 mil hectares já foram queimados. Equipes de combate a incêndio do Mato Grosso do Sul também foram deslocadas para ajudar na ação.


Leia também - Morador encontra corpo preso na vegetação do Rio Cuiabá

 

Ainda na quarta-feira (5) o avião da Marinha fez sobrevoo de reconhecimento do local e na manhã desta quinta, levou mais 5 bombeiros para o local do incêndio. Ao todo, 8 militares foram direcionados à área.

 

“É importante destacar que houve a mudança da direção do vento no final da tarde para o leste, o que colaborou para que as frentes de incêndio localizada a Norte da RPPN do Sesc Pantanal, não adentrasse na unidade de conservação”, diz nota divulgada pelos bombeiros.

 

Divulgação

incendio pantanal

 

Conforme a assessoria dos bombeiros, um aparato extra foi direcionado para combater as chamas. Fazem parte desse complemento uma aeronave de combate do CBMMT, uma aeronave do Sesc Pantanal, 6 Bombeiros militares, 12 Brigadistas do Sesc Pantanal , um auto tanque para abastecimento de combustível-ATC, dois veículos auto rápido florestal, um caminhão tipo Pipa(9.000L), uma pá carregadeira, dois tratores com pipas de 4 mil litros, além do apoio da comunidade local.


O pessoal e material cedidos pelo estado vizinho estarão à disposição do Centro Integrado Multiagências de Coordenação Operacional (CIMAN). Eles devem chegar ao local na sexta-feira (7), com previsão de três helicópteros de médio porte das forças armadas, uma aeronave C130, dez militares do CBMMS, dez brigadistas do IBAMA e dez fuzileiros navais, para se unirem às equipes coordenadas pelo Corpo de Bombeiros Militar.

 

 

Galeria de fotos

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Denúncias de mulheres contra agressores demoram vir à tona por conta de posição social?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 18/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,20 2,33%

Algodão R$ 93,28 -0,16%

Boi a Vista R$ 130,33 -0,38%

Soja Disponível R$ 64,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.