Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 11/08/2020

Cidades - A | + A

chapada dos guimarães 07.12.2019 | 16h15

Balsas são entregues depois de 6 meses, mas precisam de reparos

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Divulgação

Divulgação

Após 6 meses paralisada, duas balsas que atendem comunidades rurais no município de Chapada dos Guimarães (67 km ao sul de Cuiabá) voltaram a funcionar no fim de novembro. Serviço foi interrompido por questões de segurança. Moradores da região contam com o serviço de forma gratuita.

 

Leia também - Estado arrecada menos de R$ 60 milhões com Mutirão Fiscal

  

No tempo em que ficou sem funcionamento, a balsa deixou de atender pelo menos 4 mil pessoas que vivem na região da comunidade de João Carro e do Rio da Casca. Em média, as balsas têm a capacidade de realizar cerca de 16 e 12 viagens de ida e volta por dia, respectivamente. 

 

De acordo com a Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística (Sinfra), não é possível estimar quando de dinheiro foi investido na obra, já que foi uma parceria com a Prefeitura do município e o sindicato rural. O Estado assumiu o andamento da reforma da balsa há pelo menos dois meses. 

 

Para voltar a funcionar, recebeu equipamentos de salvamento e sua estrutura foi adequada às normas exigidas pela Marinha. As embarcações têm capacidade para transportar 40 pessoas e 10 carros por viagem, entre veículos de pequeno e maior porte. 

 

De acordo com gestor governamental, que assessora a Secretaria de Infraestrutura e Logística, Paulo Fernandes Rodrigues, ainda faltam alguns reparos para cumprimento de todas as solicitações da fiscalização. Existe uma licença provisória da Marinha que autoriza a operação por até 60 dias. 

 

Atividades como a capacitação dos tripulantes (pessoal que opera as embarcações) ficou por conta da prefeitura de Chapada, bem como a operação e o fornecimento de combustível”, explicou, dizendo que foram adquiridos também aparelhos como megafone, binóculo, apito, entre outros necessários à atividade marítima. (Com informações da assessoria). 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 11/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22,75 -0,22%

Algodão R$ 90,73 0,20%

Boi a Vista R$ 135,90 -0,07%

Soja Disponível R$ 65,77 -0,72%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.