Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 29/09/2020

Cidades - A | + A

‘SOMOS HUMANOS’ 29.07.2020 | 13h38

Bombeiro denuncia excesso de trabalho durante pandemia

Facebook Print google plus

Christiano Antonucci / Secom - MT

Christiano Antonucci / Secom - MT

Atualizada às 16h26 - Há 10 anos atuando no Corpo de Bombeiros, um militar lotado no 1º Batalhão Bombeiro Militar (BBM), de Cuiabá, denuncia a carga excessiva de trabalho durante a pandemia do coronavírus. Com medo de se identificar e sofrer represálias de seus superiores, ele detalha a situação desgastante e exaustiva que ele e os colegas estão passando.


O bombeiro começa pontuando que, por mais que são vistos como “heróis” da população, eles também têm um lado humano. “Nós bombeiros somos vistos pela população em geral com heróis, porem somos apenas pessoas comuns, com treinamento e conhecimentos específicos para solucionar algumas situações adversas, muitas vezes colocando nossa própria vida em risco para salvar a vida do outros. Mas, somos humanos, temos família para cuidar, nós nos cansamos, nós adoecemos, nós nos machucamos”.


Conforme o relato, a pandemia reduziu o serviço operacional do Batalhão. Além disso, outros militares estão afastados, por terem sido contaminados pelo coronavírus. Fora os que são do grupo de risco, ele aponta que as despesas como exames e tratamentos são bancadas pelo próprio militar.

 

Leia também - MT registra 48 mortes e 1,6 mil novos casos de covid-19 em 24h


Aliado à pandemia, o bombeiro também detalha que essa época do ano as queimadas aumentam, o que naturalmente leva a maior carga de trabalho. Porém, com a corporação reduzida – vários bombeiros também se descolocam para dar apoio no interior do estado -, muitos estão exaustos.


“Chegamos a atender de 15 a 20 ocorrências por dia, na sua grande maioria incêndios urbanos, que demandam muito esforço físico, pois na maioria das vezes não é possível debela-los com uso de agua da viatura, sendo necessário o combate direto com uso de abafadores e bombas costais que pesam cerca de 20 kg”, explicou.


Além do combate aos incêndios florestais e urbanos, os bombeiros também estão trabalhando na desinfecção dos órgãos públicos. Muitos também foram realocados no novo centro de triagem do governo. Para dar conta do trabalho, seus dias de folgas estão sendo usados indevidamente, segundo aponta.


“Os militares estão sendo obrigados a estarem, no seu segundo dia de folga, no centro de triagem, às 5h da manhã, permanecendo no mesmo até por volta das 17h, ferindo totalmente o artigo 82 da lei 555/2014, para ficar entregando senhas e organizando filas. Nós não nos eximimos das nossas obrigações sociais, sempre que necessário somos chamados a colaborar em ações sociais e fazemos isso com enorme prazer”, relata.


No entanto, a função também foge das obrigações oficiais de um bombeiro. “Não é atividade meio, muito mesmo atividade fim do bombeiro, podendo ser realizada por qualquer pessoa, não necessitando utilizar um militar que já vem sendo sacrificado pelo aumento diário na demanda do serviço neste período de queimadas”, defende.


Ele também critica o governador Mauro Mendes. “Esse deslocamento feito até a arena pantanal está sendo custeado pelo próprio militar, sem qualquer ajuda de custo, em um momento que vemos nossos vencimentos reduzidos por conta da não aplicação da RGA, bem como o aumento da alíquota da previdência, que o governador vem brigando com unhas e dentes para implantá-lo”.


O bombeiro lembra que a Polícia Militar reduziu o efetivo administrativo para aumentar o operacional, pagando jornada de trabalho e hora extra ou banco de horas.


“Gostaria de convidar os mesmo a saírem dos seus gabinetes com ar condicionado e frigobar lotado, a tirarem um serviço operacional de 24h neste período de queimadas, atendendo e ocorrências , num calor infernal, à 2 metros do fogo, batendo abafador, sufocado pela fumaça ou com uma bomba costal de 20kg nas costas, se deslocando para o local da ocorrência num calor de 40º dentro de uma viatura sem ar condicionado, talvez assim eles consigam enxergar a necessidade da folga do militar”, critica.

 

Outro lado

A reportagem entrou em contato com a assessoria do Corpo de Bombeiros. Conforme relatou a corporação, em seu juramento, o bombeiro militar não deve se furtar de proteger a população, ainda mais durante o cenário de pandemia. Há previsão legal para acionamento em período de folga, para atividades que demandam de emprego extra dos bombeiros. No entanto, as folgas são planejadas, conforme as diretrizes da corporação. Veja a nota na íntegra: 

 

O CBMMT possui regime de trabalho previsto no Estatuto dos Servidores Públicos Militares (LC nº 555/2014), que prevê como uma das manifestações essenciais dos militares estaduais a dedicação integral à defesa da sociedade.


Além do serviço já realizado pelo CBMMT quanto aos atendimentos de ocorrências, tem sido realizadas ações visando o bem estar e proteção da população diante do cenário de pandemia, às quais nenhum Bombeiro Militar deve se furtar, uma vez que seu juramento e formação converge neste sentido.


Há previsão legal para o acionamento em período de folga para atividades que necessitem do emprego extra dos Bombeiros Militares, a exemplo disso temos a pandemia e o período de queimadas de julho a outubro, sendo este, um momento crítico para a população do nosso Estado, inclusive ratificado por Decreto Estadual e Federal, quanto a gravidade da ameaça a produção agrícola, ao meio ambiente e a saúde pública.


Acrescento ainda que todas as atividades, sejam de rotina ou extraordinárias, são cuidadosamente planejadas, e sua execução é devidamente supervisionada, com as folgas suficientes e os rodízios previstos para cada atividade, visando a continuidade das ações, sem prejuízos aos Militares.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

ARCANJO RAFAEL - 29/07/2020

Larga de mentira Miguel Arcanjo! Pelo que sei as praças e os oficiais trabalham 24h por 72h no operacional, assim como tem praças e oficiais que trabalham no expediente de forma integral! Se você é do administrativo, já sabe a rotina! Se é do operacional, também já sabe que vai trabalhar 1 dia e folgar 3 dias! Isso não está bom? Isso é mentira ? Ou você não usa desse benefício? Pelo que sei, isso vale pra todos! O Estatuto é o mesmo pra TODOS! A regra é igual pra TODOS! Por que você não reclama de trabalhar menos de 10 dias por mês e ganhar por 30 dias integrais? Qual trabalhador público ou privado ganha isso? Outra coisa, larga de defender ou inventar conversa, as viaturas são novas e tem estrutura sim! Você por exemplo deve ter um carro, uma casa e muito mais! Isso é bom e justo! Acho que tem que ter mesmo, pois a Corporação se dedica e isso faz toda diferença! Agora vir com esse discurso de vitimismo não funciona mais! Isso é balela! Larga de conversa mole! Todos são militares e tem suas responsabilidades e funções definidas e estabelecidas! Para de coisa xô mano!

JULIENDER - 29/07/2020

Esse bombeiro que reclamou precisa repensar seu ponto de vista! Ninguém deve cuspir no prato que come! Se a matéria está falando que o bombeiro está trabalhando bastante, é porque a população está precisando muito de ajuda da corporação! E vocês são as pessoas mais indicadas e respeitadas, quando se trata de ajudar aqueles que precisam! Tenho certeza que a população confia no bombeiro por suas características e devoção a sociedade! Vocês bombeiros militares são nossa esperança, nosso apoio, nosso socorro! Como pode uma pessoa que faz parte de um grupo tão querido e respeitado, reclamar que tá trabalhando?? Sinceramente não consigo entender! Já pensou se a matéria tivesse os seguintes títulos: " bombeiro recebe salário sem trabalhar! Bombeiro trabalha um dia e folga três, e ainda recebe o salário integral de 30 dias! Bombeiro fica em casa ao invés de ir pro quartel trabalhar! Bombeiro diz que não pode trabalhar na folga! Bombeiro deixa de atender a população! Oras bolas...não é isso que vimos! A matéria como um todo, é a reclamação de um "elemento frouxo insatisfeito" por ter que trabalhar e ajudar as pessoas no momento onde a demanda é alta devido a pandemia e ainda devido aos incêndios! Se tem muita demanda, é porque a sociedade precisa de vocês! Tenho certeza que esse pensamento não é o pensamento da corporação! Tenho certeza disso! Isso só pode ser um fato isolado! Moço, se você não quer, peça pra ir embora! Vá fazer outra coisa! Você não é bombeiro! Você tá deslocado! Não se situou ainda! Se você diz que tem 10 anos de serviço, lembra que ainda faltam mais de 20 anos...sai fora que ainda dá tempo! Kkkkkkk larga de moleza rapaz! A tropa é guerreira! Se você é mole, pelo menos tente imitar a tropa da corporação mais respeitada do brasil...

ELINÊNIO FRAGAS - 29/07/2020

PARA DE GRACINHA BOMBEIRO! AGORA QUÊ QUÊ ESSE? KKKKKKK... SE VOCÊ NÃO QUER TRABALHAR PEDE BAIXA DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR UÉ!! TÁ DIFÍCIL? FAÇA FICAR FÁCIL...PULA FORA! CONHEÇO MUITA GENTE DOS BOMBEIROS E NÃO SÃO ASSIM NÃO EHM...ESSA INFORMAÇÃO NÃO PROCEDE! O POVO TRABALHA COM VONTADE, SE MOSTRAR MOLEZA OU MIMIMI!

SARNO PINHEIRO - 29/07/2020

JURAMENTO DO BOMBEIRO MILITAR "AO INGRESSAR NO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO ESTADO DA PARAÍBA, PROMETO REGULAR A MINHA CONDUTA PELOS PRECEITOS DA MORAL, CUMPRIR RIGOROSAMENTE AS ORDENS DAS AUTORIDADES A QUE ESTIVER SUBORDINADO E DEDICAR-ME INTEIRAMENTE AO SERVIÇO BOMBEIRO-MILITAR, À MANUTENÇÃO DA ORDEM PÚBLICA E À SEGURANÇA DA COMUNIDADE, MESMO COM O RISCO DA PRÓPRIA VIDA". ESSE BOMBEIRO "ALGODÃO DOCE" PRECISA VOLTAR A LER E COLOCAR EM PRÁTICA O JURAMENTO QUE ELE FEZ! SE LIGA GUERREIRO! LARGA DE MOLEZA! A TROPA É GUERREIRA E MUITO COMPROMETIDA EM FAZER VALER O LEMA DOS BOMBEIROS " VIDAS ALHEIAS RIQUEZAS SALVAR!" PELO QUE CONHEÇO DE MUITOS AMIGOS MEUS QUE SÃO BOMBEIROS MILITARES, SE TIVEREM QUE TRABALHAR 24H POR 24H PRA SALVAR, PROTEGER, PREVENIR, SOCORRER E AJUDAR NOSSA POPULAÇÃO, COM CERTEZA A TROPA ESTÁ PRONTA, AINDA MAIS NESSE PERÍODO CRÍTICO QUE ESTAMOS PASSANDO! COM TODA CERTEZA PESSOAL, ESSE BOMBEIRO "ALGODÃO DOCE" NÃO REPRESENTA A TROPA DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE MATO GROSSO! MEU RESPEITO A TODOS OS BOMBEIROS MILITARES QUE SE DEDICAM DIUTURNAMENTE POR NOSSO POPULAÇÃO! VOCÊS SIM, FAZEM NOSSA VIDA MAIS SEGURA! SÓ TEMOS QUE AGRADECER! AGORA ESSE FROUXO AI DA MATÉRIA, NÃO MERECE RESPEITO!

Paulo Fransuã - 29/07/2020

Vejo que o mesmo não faz jus a vestir uma farda honrosamente de um herói de verdade da sociedade, pois o nosso maior reconhecimento e a confiabilidade que temos nesse grande profissional que são os bombeiros, tenho a grande satisfação de ter em meu ciclo de amizades diversos bombeiros militares e nunca ouvi se quer uma reclamação como as desse infeliz, muito pelo contrário já presenciei depoimentos emocionantes de amigos, contando o que aconteceu em seu plantão, acredito que você deveria honrar o seu juramento que fez aí entrar nessa gloriosa instituição de homens de valor.

FERNANDO DIAS - 29/07/2020

Esse bombeiro deve ser do tipo NUTELA, pois os bombeiros de verdade nunca se cansam de servir a sociedade.FROUXO!

Miguel Arcanjo - 29/07/2020

Enquanto existir Militar diferença de oficiais são os Deuses ele pode tudo é manda e obedece quem tem juízo. Pau nos praças. Pau moderno, assim será erterno. Nunca verás tenente. Capitão.major. tenente coronel. Corenel. Os oficial bombeiros e muito raro trabalhar 24 hrs todo trabalhar 6 hrs por dia faz seu horário sala com ar dormi em ksa de boa. Os praças dos bombeiros soldado. Cabo. Sargento. Trabalha 24 hrs direto em estrutura com viaturas de combate incêndio todas velhas sem manutenção sem freio pouco Militar operacional Mas fazer o que só obedecer. Deve ser algum tenente coronel quer ser Coronel dia 02 Dezembro e pra isso mostra serviço arroxando praças.

Cesar - 29/07/2020

Pura verdade. No interior está assim tbm isso ocorre porque o comandante geral do corpo de bombeiros quer permanecer no cargo. Aí usa e abusa do cargo para se mostrar ao governador. No interior a escala e com 4 militares por dia. Enquanto o comando geral tá cheio de militar atoa mal distribuídos ou apadrinhados. Fora militares que estão em outros órgãos cedidos. Este se voltarem a trabalharem nas suas funções o interior estaria bem de militar.

8 comentários

1 de 1

Enquete

Na sua opinião, por que tantos candidatos milionários querem entrar na política?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 29/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,22 0,52%

Algodão R$ 94,13 0,03%

Boi a Vista R$ 129,88 -0,69%

Soja Disponível R$ 66,00 -1,12%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.