Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 13/12/2019

Cidades - A | + A

Foco, força e fé 03.11.2019 | 18h03

Candidatos enfrentam medos e não desistem de Enem após fracassos

Facebook Print google plus

Na espera pela realização do primeiro dia de provas do 21º Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), não era incomum encontrar pessoas com mais experiência que estavam em busca do primeiro curso superior, da segunda graduação ou que buscava nova experiência com o teste. No domingo, o entrevistou algumas dessas pessoas, que buscam o sonho independente da idade.

 

Henriete da Silva, 58, fez o Enem pela primeira vez e espera alcançar uma boa nota para passar no curso de letras. Precavida, ela chegou cedo ao local de prova e foi uma das primeiras pessoas a entrar nem uma universidade na avenida Beira Rio, às 12 horas, quando o portão foi aberto. "Eu me atualizei para fazer a prova, não fiz um cursinho pré-vestibular, mas me atualizei".

 

Leia também - Candidatos do Enem usam oração e até sala de descanso para melhorar notas

 

Já Gerson Rocha Rezende, 48, é pensionista  e um experiente na prova. Ela tenta o Enem pela terceira vez, na busca por uma vaga no curso de direito na  Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). "Já consegui nota para outros cursos, mas quero direito na federal, é meu sonho de infância".

 

Luiz Leite

Enem 3 de novembro

 

Também tentando o Enem pela terceira vez, José Carlos Araújo, 47, sonha em cursar fisioterapia. Ele foi de carro ao local de prova e chegou quando os portões já estavam abertos. O curso que ele pretende fazer está disponível em universidade particular. No entanto, fazer o Enem e se sair bem na prova é requisito para conseguir uma bolsa de estudos pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) ou financiamento subsidiado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

 

Euristela da Silva, 34, cursava estética e cosmetologia em uma universidade particular de Cuiabá. Entretanto, perdeu seu financiamento pelo programa Fies e precisou interromper os estudos. Agora busca uma nova chance de recomeçar o curso ou entrar para a UFMT. "O Prouni é o melhor caminho para voltar a minha faculdade anterior ou tentar um novo curso". 

 

Essa é a sua quinta vez no Enem. Na bagagem de vários anos de cursinho pré-vestibuar, veio a confirança para tentar novamente.Para isso Euristela se atualizou sobre os temas do momento para fazer uma boa prova. "Vou tentar, lançar a sorte e vamos ver".  

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Qual sua opinião sobre a propaganda partidária em rádio e TV?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 13/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,90 -1,00%

Algodão R$ 92,24 -2,01%

Boi a Vista R$ 135,94 0,17%

Soja Disponível R$ 68,90 -0,36%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.