Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 21/02/2020

Cidades - A | + A

dados do cnc 21.01.2020 | 09h55

Com feriados, MT deixa de faturar R$ 753 milhões em 2020

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Maioria dos segmentos do comércio, principalmente os de rua, terá seu faturamento prejudicado com o excesso de feriados em dias considerados úteis. De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o comércio de Mato Grosso deve deixar de faturar R$ 753 milhões em 2020, valor 14,6% maior do que o registrado no ano passado.

 

Em todo país, serão 10,5 feriados nacionais contra apenas nove no ano passado. A pesquisa não contempla os feriados regionais como o aniversário de Cuiabá, no dia 8 de abril, o Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro, e a Imaculada Conceição de Maria, em 8 de dezembro. Com isso, o impacto tende a ser maior que o estimado pela CNC.

 

Leia também - Trabalhador na fila do INSS pode ir à Justiça para reduzir tempo de espera

 

Os feriados tiram os consumidores das ruas e elimina as vendas por impulso, que, ainda segundo a pesquisa, estima uma queda média de 8,4% na lucratividade mensal do comércio a cada feriado. Nas regiões onde o salário médio é mais alto, o impacto tende a ser maior.

 

O segmento de vestuário e calçados contabiliza maior prejuízo mensal, de 16,7% para cada feriado. As lojas de utensílios domésticos aparecem em seguida, com 11,6% e, em terceiro, os segmentos de hiper e supermercados, com 11,5%. Juntos, os três segmentos respondem por mais da metade (56%) do emprego no varejo brasileiro.

 

A Fecomércio-MT contempla os feriados nas convenções e acordos coletivos de trabalho, realizados anualmente entre os sindicatos patronais e laboral do comércio, garantindo direitos e benefícios aos trabalhadores do comércio.

 

“No entanto, o excesso de feriados prejudica as vendas e, inclusive, deixa de ser rentável para o comerciante e para o próprio trabalhador, principalmente aquele contratado com comissão. Além disso, as contas não deixam de chagar quando o comércio fecha as portas”, disse o superintendente da Fecomércio-MT, Igor Cunha.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você aproveita os dias de Carnaval?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 21/02/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,35 0,49%

Algodão R$ 92,58 -0,30%

Boi a Vista R$ 130,25 -0,46%

Soja Disponível R$ 69,00 0,73%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.