Publicidade

Cuiabá, Sábado 05/12/2020

Cidades - A | + A

meio ambiente 22.02.2020 | 14h18

Confira pontos de coleta e saiba como descartar vidro em Cuiabá

Facebook Print google plus

Luiz Alves

Luiz Alves

A partir de agora, os cuiabanos não têm mais desculpas para não descartar recipientes de vidro da maneira correta. A Prefeitura de Cuiabá instalou 17 novos pontos de coleta para reciclagem do material, que pode causar grandes danos ao meio ambiente ou segurança, caso descartado na natureza ou na rua.

 

Na última quinta-feira (6), os pontos de entrega voluntária foram colocados nas principais praças de Cuiabá. Conforme explica o diretor de Resíduos Sólidos, Anderson Matos, o cidadão também terá um papel fundamental dentro da logística de recolhimento.

 

Leia também - Artistas de Cuiabá se unem para ajudar baterista após infarto

 

“Teremos um monitor que passará frequentemente pelos locais e comunicará quando houver a necessidade da coleta. Além disso, disponibilizamos o telefone 3645-5518 para que a população também nos comunique sempre que os recipientes estiverem cheios”, relata o diretor.

Chico Ferreira

Lixão / Natal / Ajuda / Catadora de Lixo / Reciclagem

 

Além disso, a orientação da Prefeitura é que o vidro não precisa ser quebrado para o descarte. Inclusive, os “cacos” podem machucar, principalmente, os garis que fazem a limpeza e pessoas que trabalham na reciclagem. No entanto, se não for possível evitar ou se o vidro já está quebrado, o ideal é embalar os cacos em um papelão, garrafa pet ou outro compartimento que evite o contato direto com o coletor.

 

Inclusive, o recolhimento não será feito pelos trabalhadores que atuam na coleta de resíduo domiciliar. Para essa atividade, a Secretaria de Serviços Urbanos criou uma equipe específica para receber os materiais, com proteção individual para a coleta.

 

Após o recolhimento, os vidros serão distribuídos pela Secretaria e encaminhados para a empresa Central de Reciclagem. É de responsabilidade da empresa fazer a triagem do material, que o encaminha para uma fábrica de reciclagem, segundo explica a proprietária, Mona Nídia Gadelha.“Há seis meses começamos esse trabalho com o vidro, por observar que é um material que as pessoas têm dificuldade de descartar. Nessa parceria com a Prefeitura, nosso foco é a população que tem um frasco, um pote, uma garrafa, mas não tem onde depositar”.

 

Confira os pontos de coleta

 

Praça Alencastro, Praça Caetano Albuquerque, Praça da Mandioca, Praça Popular, Praça 8 de Abril, Praça Ipiranga, Parque Tia Nair, Parque das Águas, Parque da Família, Parque da Nascente, Praça do bairro Terra Nova, Praça do bairro Jardim das Américas, Praça da República, Praça Bispo Dom José, Praça Santos Dumont, Centro Esportivo e de Lazer Sen. Jonas Pinheiro (Jardim Cuiabá) e Shopping Popular.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Humberto - 22/02/2020

Poderiam por um ponto de coleta no parque zé bolo flô , parque este esquecido pelo poder público q está cheio de buracos e as pontes podres , sem iluminacao e com poucos aparelhos p exercícios . O coxipó merece um pouco + de consideracao tanto no lazer como na saúde.

1 comentários

1 de 1

Edição digital

Sexta-feira, 04/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 59,70 -0,17%

Algodão R$ 126,18 -0,57%

Boi à vista R$ 249,16 -1,37%

Soja Disponível R$ 153,00 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.