Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 11/12/2019

Cidades - A | + A

Jonas Pinheiro 3 14.11.2019 | 07h15

Depois de despejo, família mora em barraco doado e precisa de ajuda

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Despejada do Residencial Jonas Pinheiro 3 na semana passada, há 5 dias Edilaine Garcia Gonçalves, 40, mora em um barraco doado, no bairro Serra Dourada, em Cuiabá. Mãe de 7 filhos e morando com 3 deles, ela precisa de emprego e doações de todo tipo para recomeçar a vida no novo lar.

 

Leia também -Professora pede ajuda para trazer irmã morta na Espanha

 

“Passei muita fome no Jonas Pinheiro. Eu deixava de comer para poder tratar das crianças. Eu era gorda, bonita, agora estou acabada”, conta a mulher que pesava 75kg quando se mudou para o residencial e agora está com 49kg.

 

Não bastasse o drama vivido na casa ocupada do Jonas Pinheiro, a mulher teve ainda mais sofrimento quando soube que seria beneficiada pelo aluguel social da prefeitura de Cuiabá, mas depois teve a ajuda retirada. “Falaram que eu tinha recusado. Como se eu nem sabia?”

 

Edilaine foi uma das últimas a deixar a moradia no cumprimento da reintegração de posse. Ela passou a noite no lugar sem água e luz até que os poucos móveis fossem retirados pelo caminhão da Prefeitura.

 

“Duas amigas minhas levaram comida e água para mim e meus filhos. Elas que acharam esse lugar e me trouxeram para morar aqui. O dono do terreno deu ele pra mim. Eu agradeço muito a generosidade comigo e meus filhos. Ele falou que eu posso ficar aqui e não precisa devolver”, conta emocionada.

 

A casa era uma peça de madeira, que com ajuda de amigos e vizinhos a mulher conseguiu ampliar para dois cômodos e cobrir. Agora ela precisa de um emprego e doações. Comida, roupas para ela e as crianças, material de limpeza, material de construção. Literalmente tudo.

 

Reprodução

edilaine garcia goncalves jonas pinheiro

 

“Eu preciso trabalhar. Minha vizinha já disse que se eu arrumar um emprego ela fica com as crianças para mim. Um vizinho ligou a luz para mim, o dono do terreno já ligou a água. Mas eu preciso de todo tipo de ajuda ainda”, relata.

 

Moram com Edilaine duas meninas de 8 e 11 anos e um menino de 5. O caçula tem problema de coração e faz acompanhamento médico.

 

Quem puder ajudar Edilaine e os filhos, pode entrar em contato com ela pelo telefone (65) 9 9940 6169 e (65) 99257-6168.

 

As 379 famílias que moravam no residencial foram retiradas no dia 6 de outubro. Vinte delas conseguiram o aluguel social no Pedra 90, as demais tiveram que buscas outros locais de moradia.

 

A empresa Lumem Construtora acionou a Justiça para a retirada dos moradores, alegando que os imóveis não estavam prontos. Ainda não há data para retomada das obras que tinham prazo de entrega para 2014.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

cidão - 14/11/2019

agora eu quero saber onde estão os nossos politicos que vivem brigando por causa de verba publica, denunciando servidor. esta na hora de ajudar essa familia gostaria que imprensa se empenhaçe mais para isso.

Brasil de Corrupção - 14/11/2019

É uma vergonha não ter nenhum órgão assistencial para garantir as condições mínima de vida para esta família. Cadê a secretaria de assistência social desse município para acompanhar de perto este caso???

2 comentários

1 de 1

Enquete

Sobre o aumento no número de casamentos gays no Brasil no último ano

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 11/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,20 -0,70%

Algodão R$ 96,59 0,55%

Boi a Vista R$ 139,00 0,00%

Soja Disponível R$ 65,00 -0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.