Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 10/12/2019

Cidades - A | + A

Cuiabanos pelo mundo 03.11.2019 | 09h27

Empresária de Cuiabá se muda para Portugal e faz sucesso com hostel

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Há 3 anos Isabella Santiago, 26, decidiu sair de Cuiabá, sua terra natal, em busca de novas oportunidades e uma vida mais tranquila. Em sua jornada de autoconhecimento, ela encontrou a tranquilidade que tanto procurava e também uma vida diferente, com direito a concurso de miss, algo que ela não havia feito por aqui.

 

Ela nasceu em Cuiabá, morou um tempo em Peixoto de Azevedo (691 km ao norte da Capital) e depois voltou para a cidade natal. Ficou anos pensando em mudar de vida, mas a situação estável – ela trabalhava em uma empresa de marketing – fez com que ela fosse adiando os planos.

 

Com 5 meses em Lisboa, ela conheceu o namorado, Milton Barcelos. A parceria entre os dois foi além do relacionamento e atualmente é a fonte de renda deles. “Eu tinha uma empresa de marketing no Brasil, trabalhava com outdoors móveis. Agora meu noivo e eu temos uma empresa de hostels”.

 

Leia também - Tenente vence o câncer dividida entre uma rotina de trabalho e cuidados com os filhos

 

Mesmo com as mudanças na rotina e nos costumes, a empresária afirma que algumas coisas fazem valer a pena o sacrifício. “É maravilhoso poder sair de casa e não se preocupar por conta do celular. É um dos motivos que pesa para tentar uma vida fora da Brasil”.

Arquivo Pessoal

Isabella Santiago

 

No entanto, nem tudo são flores nesse processo, que envolve até mesmo preconceito. “Nós brasileiros, principalmente mulheres, sofremos muito preconceito, aqui ainda existe muita xenofobia. Eu luto diariamente para que as pessoas me respeitem e entendam que tenho direitos como qualquer ser humano”, conta Isabella.

 

Já na parte cultural, a principal diferença é no jeito de tratar as pessoas. “Eles aqui são um pouco mais ríspidos, mais formais e levam tudo ao pé da letra. O brasileiro não. Nós somos um povo mais leve, mais descontraído e levamos a vida de uma forma mais divertida”.

 

De Cuiabá ela sente saudade do acolhimento e também da culinária local. “Não existe nada como a nossa comida, especialmente a de Mato Grosso. Eu adoro uma Maria Isabel com farofa de banana ou um arroz com pequi”.

Arquivo Pessoal

Isabella Santiago

 

Após 3 anos em Portugal, surgiu uma nova oportunidade, o concurso Miss Brasil Europa, competição de beleza para brasileiras que moram em Portugal. “Eu fiquei sabendo do concurso e fui correndo atrás da produção. Participei do casting e fui aprovada. Tive que perder um pouco de peso, cuidar mais da minha estrutura corporal. Tracei um objetivo e estou seguindo”.

 

No dia 12 de novembro ela sobe ao palco junto com outras 17 concorrentes na busca pela coroa. Esse é apenas mais um passo da consolidação da sua vida em terras portuguesas. Ainda assim ela não descarta voltar a morar no Brasil. “Em um futuro distante, por enquanto ainda tenho um pouco de receio. Mas amo o Brasil, vou sempre que posso”.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Presidente Jair Bolsonaro foi indicado a Personalidade do Ano pela revista Time

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 10/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,45 0,74%

Algodão R$ 91,67 -0,32%

Boi a Vista R$ 137,00 -0,36%

Soja Disponível R$ 70,50 0,86%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.