Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 05/12/2019

Cidades - A | + A

Sensibilização 07.10.2019 | 08h41

Encontro debate a conscientização sobre a Doença de Alzheimer

Facebook Print google plus

OTMAR DE OLIVEIRA

OTMAR DE OLIVEIRA

O 1º Encontro de Conscientização sobre a Doença de Alzheimer será realizado nesta segunda-feira (7), no auditório Milton Figueiredo, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. O evento é alusivo ao Mês Mundial da Doença de Alzheimer que teve no dia 21 de setembro o Dia Mundial da Doença de Alzheimer.

 

Com o objetivo de sensibilizar e conscientizar a população, entidades públicas e privadas de saúde, assim como profissionais das mais diversas áreas, vão discorrer sobre o tema. O médico geriatra Denis Miranello, presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia - Seção de Mato Grosso, diretor da Clínica Piú Vita fará a palestra: “Quando a falha na memória pode ser um sinal de Alzheimer?”

 

Leia também - Homem também tem que fazer prevenção da mama, alerta vítima de câncer

 

A doença de Alzheimer e a demência vascular são os tipos mais comuns de demências, responsáveis por mais de 90% dos casos de demência. Os sintomas podem incluir: Perda de memória, dificuldade em encontrar palavras ou compreender o que as pessoas dizem, dificuldade em desempenhar tarefas rotineiras prévias e mudanças na personalidade e humor.

 

A demência desconhece limites sociais, econômicos e geográficos. Embora cada pessoa tenha uma experiência única com a demência, todos aqueles afetados estarão impossibilitados de cuidar de si e precisarão de ajuda em todos os aspectos da vida diária. No momento, não há cura para os muitos tipos de demências, mas é importante saber que tratamentos, orientações e suporte estão disponíveis.

 

Segundo Alessandra Trentino, diretora do método Supera, e especialista em Neuropsicologia, a Neurociência explica a perda natural e gradativa dos neurônios ao longo da vida, a partir dos 25 ou 30 anos, quando começam a dormir ou morrer. Se torna ainda maior após os 60 anos, quando a pessoa percebe uma perda maior, com percepção da falta de memória, falta de atenção, raciocínio mais lento. Isto não afeta apenas as áreas cognitivas do cérebro mas as questões sócio emocionais também. Afeta auto estima, vem a depressão que tem aumentado na terceira idade, bem como as demências. Entre elas o Alzheimer.

 

“Quando a pessoa exercita o cérebro está fazendo uma prevenção, para que retarde estas doenças degenerativas, aumentando esta reserva cognitiva no cérebro. Diminuindo este declínio mental, ocorrendo a neuroplasticidade cerebral, que é a capacidade que o cérebro tem de se modificar, quando estimulado”, explica.

 

Estudos mostram ainda a capacidade de nascer novos neurônios, a neurogênese. Alessandra, no evento, vai tratar do tema “Como manter a memória ativa com Ginástica Cerebral”.

 

O evento, a partir do próximo ano deverá fazer parte da programação da ALMT, conforme anunciou o deputado Wilson Santos, que não mediu esforços para sua realização, em parceria com o deputado Dr. João José de Matos.

 

Programação:

1º Encontro de Conscientização sobre a Doença de Alzheimer
Data: 07/10/2019
Horário: 17 horas
Auditório Milton Figueiredo - Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT).
Terá ainda apresentação dança sênior Grupo Felicidade Integração do Pantanal; Leitura da crônica: “Esquecer nem de brincadeira” com Cristiane Gomes; moção de aplausos e o evento se encerra com um coquetel servido aos presentes.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Ondas de manifestações ocorridas em países como Chile e Colômbia podem chegar ao Brasil?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 05/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,20 -0,93%

Algodão R$ 115,18 1,08%

Boi a Vista R$ 136,33 0,19%

Soja Disponível R$ 68,00 -0,73%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.