Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 06/08/2020

Cidades - A | + A

nova realidade 04.07.2020 | 08h17

Encontros virtuais capacitam trabalhadores espíritas

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Invisível aos olhos, em poucos meses a covid-19 infectou mais de 8,5 milhões de pessoas no mundo desde a confirmação da Organização Mundial da Saúde (OMS), do primeiro caso ocorrido na China. No Brasil, esse número já ultrapassa a casa de 1 milhão de infectados e das quase 50 mil mortes desde o registro do primeiro caso em março deste ano. Dados da Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso (SES) confirmam quase 9 mil casos da doença e mais de 300 óbitos em decorrência do coronavírus.

 

Seguindo as orientações das autoridades sanitárias e da Organização Mundial de Saúde (OMS), a Federação Espírita Brasileira (FEB), suspendeu suas atividades presenciais no início da pandemia, respeitando o isolamento social horizontal, e na mesma linha, orientou que as federativas também o fizessem.

 

Nesse sentido, foi preciso que as federativas em todo país encontrassem novas formas de dar continuidade aos trabalhos em curso. Não foi diferente com a Federação Espírita do Estado de Mato Grosso (Feemt), que conta hoje com 96 instituições espíritas em seu quadro de associados, agrupadas em 26 frentes regionais de trabalho federativo nesse Estado que tem dimensões continentais.

 

Coordenador da área de Comunicação Social Espírita, Thiago Toledo explica que a Feemt tem dado suporte aos Centros Espíritas para que enfrentem esse momento de isolamento social - capacitados e qualificados -, sem perder a continuidade dos trabalhos. Entre as ações que vem sendo desenvolvidas, a Comunicação Social elaborou o projeto Mato Grosso Espírita Conectado.

 

A ideia é que os trabalhadores dos Centros Espíritas possam se sentir seguros para transferirem, à medida do possível, as atividades presenciais para o ambiente virtual. A preocupação é que o isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus não seja um obstáculo para o trabalho de difusão do Espiritismo, nem para a realização das atividades federativas, tampouco para a aproximação de corações.

 

“Todos nós que agora precisamos nos adaptar a uma nova realidade de atividades virtuais, transmitindo palestras, agendando reuniões e estudos por videoconferências e fazendo da tecnologia nossa melhor amiga, somos um mero reflexo daqueles que já estão inseridos nesta realidade há muito tempo”, assinala o projeto.

 

Os treinamentos através de encontros virtuais já estão acontecendo e são abertos aos trabalhadores espíritas de todo o Estado. Dessa forma, o projeto tem levado informações básicas de comunicação, tecnologia e recursos virtuais para o bom desempenho das atividades se colocando à disposição para ajudar na escolha das ferramentas mais adequadas à realidade de cada instituição, além de estreitar os laços de convivência entre trabalhadores das instituições espíritas e Feemt - Regionais com a Área de Comunicação Social Espírita da Feemt.

 

“Nossa ideia, é que todos se sintam abraçados, que a mensagem de Jesus chegue a cada coração neste período de tantos desafios por meio das Instituições espíritas de Mato Grosso. Nossa motivação tem sido levar Jesus mais longe, por meio dessa nossa rede de trabalho que é o Movimento Espírita, isso tem orientado nossas ações dentro da área e nossas ações na comunicação social espírita”, argumenta Thiago.

 

Presidente da Feemt, Luiza Leontina reforça que “o Movimento Espírita neste momento de pandemia, de sofrimento da humanidade tem sido extremamente vigilante quanto a não faltar a mensagem espírita que leva consolo, solidariedade, gentileza aos corações sofridos neste momento”. E ressalta que, “tanto a Casa Mater quanto a Feemt recomendam que ampliemos a consciência de filhos de Deus que somos e aprendizes da vida. Que destaquemos em nossa intimidade a importância da oração e da vigilância para que possamos manter a harmonia interior e a serenidade que são fatores positivos que irão contribuir para a harmonia neste momento de epidemia global também”.

 

Vale ressaltar que a Feemt se mantém solidária “com cada uma das almas acometidas pelo novo coronavírus, bem como com os familiares visitados pela dor da separação neste momento de severos testemunhos coletivos”.

 

“Nos unimos em prece à grande família humana, nestes dias de provação em que somos convocados ao testemunho cristão, inspirados na figura incomparável de Jesus, fiel até os últimos instantes de sua atividade encarnado na Terra”.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 06/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,25 -0,21%

Algodão R$ 94,35 0,70%

Boi a Vista R$ 136,50 -0,04%

Soja Disponível R$ 67,70 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.