Publicidade

Cuiabá, Domingo 25/10/2020

Cidades - A | + A

ACESSIBILIDADE 29.09.2020 | 11h55

Entregues há 3 meses, elevadores de passarela estão parados

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Inaugurada em junho desde ano, a passarela em frente ao Terminal Rodoviário Cássio Veiga de Sá já apresenta problemas. Os elevadores não funcionam e alguns cidadãos nem sabem que eles existem. Além disso, mesmo com a travessia, algumas pessoas ainda se arriscam em atravessar a avenida Marechal Deodoro correndo.


Leia também - Pesquisa mostra que 76% dos empresários cuiabanos não demitiram na quarentena

Além da segurança para o pedestre, a obra ofereceu maior fluidez ao trânsito, já que dois semáforos existentes na avenida foram desativados. Em horário de pico, o engarrafamento era grande no local.

 

João Vieira

Fotos Passarela / Rodoviária / Elevador / Fotos /

 Os dois veículos estão sem funcionar

A equipe do esteve no local e constatou que nenhum dos dois elevadores funciona. De um lado e de outro da avenida, os equipamentos estão parados na parte superior da passarela. Ao ser acionado, o indicativo de chamada se mantém piscando e eles não se movem.


Enquanto a reportagem esteve no local, flagrou algumas pessoas caminhando pelo canteiro central da avenida e atravessando a rua entre os carros.


Poucos pedestres usavam o elevado, que conta com rampas de acesso, grade, cobertura e os elevadores para pessoas com dificuldade de locomoção, mas que só funcionaram por semanas após a inauguração.


João da Silva, 65, mora em Planalto da Serra e veio a Cuiabá para compromissos. Ele carrega uma mochila grande e arrasta mala rampa acima.


“Eu sabia que tinha o elevador, mas nunca tentei usar”, relata o idoso. Meio sem jeito, ele confirma que tem um pouco de medo de usar o transporte.


Jacira Dreier faz tratamento de saúde em Cuiabá e mora em Cotriguaçu. Com frequência ela atravessa pela passarela e reconhece a maior segurança que representa a travessia para os pedestres, mas nunca usou o elevador. Para ela, é mais cômodo usar a rampa.

 

João Vieira

Fotos Passarela / Rodoviária / Elevador / Fotos /

 

“Passo aqui sempre. Sabia que tinha o elevador, mas nunca tentei usar. Não tenho o costume”, argumenta.
Outro senhor que passava apressado pelo local e não quis se identificar conta que passa pelo local e nem sabia que existia alternativa, além da rampa.


A obra foi realizada pela empresa Lotufo Engenharia e custou R$ 2.517.823,12.


Outro lado
A assessoria da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) foi procurada e informou que os veículos foram consertados logo após a denúncia do .

 

 

Galeria de fotos

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com abertura do comércio, bares, igrejas e retomada de festas, você já retomou à rotina?

Parcial

Edição digital

Domingo, 25/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 2,52%

Algodão R$ 125,19 1,55%

Boi à vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 161,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.