Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 10/12/2019

Cidades - A | + A

tratamento diferenciado 25.06.2019 | 18h56

Escrivães e investigadores da Polícia Civil protestam contra texto da reforma da Previdência

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Cerca de 500 escrivães e investigadores da Polícia Civil fizeram uma manifestação no início da tarde desta terça-feira (25), em frente à Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp), no Centro Político Administrativo. Eles reivindicam por mudanças no texto da reforma da Previdência.

 

Leia também - PM prende 10 homens por violência doméstica em MT

 

Conforme explicou a presidente do Sindicado dos Investigadores de Polícia do Estado de Mato Grosso (Sinpol), Edileuza Mesquita, a categoria não concorda com o tratamento diferenciado ente a Polícia Civil e as Forças Armadas. 

 

"Nós estendemos que tem que existir a reforma na previdência, mas que trate a segurança pública de forma isonômica, que dê o mesmo tratamento para todas as polícias. Então nosso protesto hoje foi em nível nacional. Todas as polícias civis de todos os estamos protestando contra o texto da reforma da previdência que prejudica a aposentadoria dos policiais civis", disse. 

 

Entre os prejuízos citados pela presidente estão a retirada de pensão para os familiares em caso de morte fora da atividade funcional e a exclusão de reajustes salariais no decorrer da carreira.

 

"A única coisa que mantém igual entre as policias é a questão da atividade risco, que as polícias civis e militares continuam sendo atividade risco, mas os demais eles fragmentam totalmente deixando os policiais de natureza militar com os direitos e tirando os nossos," explicou.   

 

Para além da paralisação de hoje, uma caravana está marcada para os dias 1, 2 e 3 de julho, em que os policiais devem ir a Brasília em uma manifestação com todos os policiais civis do Brasil.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

O Brasil tem casos de indisciplina e bullying na escola acima da média mundial

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 10/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,15 -0,64%

Algodão R$ 97,15 -0,46%

Boi a Vista R$ 133,69 -0,19%

Soja Disponível R$ 66,90 -0,59%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.