Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 24/09/2020

Cidades - A | + A

escola abalada 01.11.2019 | 17h02

Estudante que caiu da altura de 6 metros está estável no PS

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

O estado de saúde da estudante de 15 anos, que caiu de uma altura de aproximadamente 6 metros na Escola Estadual Nilo Póvoas, se encontra estável. A adolescente, que está internada no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC), não teve lesões graves na coluna por conta da queda. Este é o primeiro incidente do tipo da tradicional unidade escolar, existente há mais de 4 décadas.

 

O clima estava visivelmente triste quando a reportagem do chegou ao Nilo Póvoas. Professores, colegas e funcionários estão todos abalados com o incidente. As aulas foram suspensas nesta tarde de sexta-feira (01).

 

Leia também - Aluna cai de uma altura de 6 metros e está hospitalizada

 

Segundo contou a coordenadora pedagógica, Nailê Bernardo, o cantineiro que trabalha há 40 anos na escola relatou que esse tipo de acidente nunca aconteceu.

 

“É uma escola em tempo integral, então temos um tempo de convivência imenso com esses estudantes. Podemos dizer que vamos desenvolvendo aspectos de acompanhamento intenso. Se você contar as horas, eles passam mais tempo com a gente do que com a família deles, então muita coisa aflora e cai aqui dentro”, explica a coordenadora. Os alunos entram às 7h e saem às 16h.

 

A estudante foi matriculada na unidade há um mês. Na quinta-feira (31), ela demonstrou estar triste e se abriu com alguns professores. Hoje pela manhã ela foi à aula e estava motivada. Conforme narra a professora Ana Maria de Campos, ela estava na sala de aula, quando por volta de 9h, avisaram que a adolescente estava chorando muito. Ao sair da sala, soube que ela havia caído.

 

De imediato, professores e funcionários foram socorrer a aluna. A professora Joselina de Melo ficou 10 minutos ao telefone com o socorrista, repassando as instruções de primeiros socorros. Os estudantes que viram o acidente foram solidários e inclusive, ficaram bravos quando perceberam que estavam filmando. O acompanhamento, junto aos pais, foi realizado também dentro do Pronto-Socorro. 

 

Ainda de acordo com a coordenadora, a adolescente participava da tutoria e tinha um ótimo desempenho e desenvoltura. “Ela é muito alegre, vive sorrindo, em nenhum momento você vê essa a menina no corredor de cara fechada, nada disso. E isso que causa mais tristeza na gente, porque às vezes um sorriso esconde muita coisa”, diz a professora e tutora da aluna, Lilian.

 

Além da tutoria, a escola desenvolve diversas atividades com os estudantes. Por se tratar de uma Escola Plena, com atendimento integral, os professores e a diretoria precisam de uma equipe especial para lidar com os alunos. No Setembro Amarelo, a coordenação organizou palestras sobre a depressão.

 

“Temos um envolvimento com esses meninos. São 40 anos e a escola foi construída na década de 70, eram outros problemas, outras inquietações. O que vem aqui pra escola, se derrama. É fato de que lá fora tem esses problemas gritando o tempo todo e esses problemas vem pra escola. E quando a gente pensa em escola de tempo integral, a gente sente ainda mais essa necessidade de atender essa demanda dos estudantes”, explica Nailê.

 

Na segunda-feira, a escola voltará com as aulas e irá apresentar uma palestra com psicólogos com assuntos voltados à valorização da vida e depressão.

 

Sobre o CVV
O CVV presta serviço voluntário e gratuito de prevenção do suicídio e apoio emocional para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo. Os cerca de 3 milhões de atendimentos anuais são realizados por 3.000 voluntários em 104 postos de atendimento pelo telefone 188 (sem custo de ligação), ou pelo www.cvv.org.br via chat ou e-mail. A entidade realiza também ações presenciais, como palestras, cursos e grupos de apoio a sobreviventes do suicídio – GASS (https://www.cvv.org.br/cvv-comunidade/).

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 24/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,45 1,24%

Algodão R$ 120,17 0,53%

Boi a Vista R$ 137,80 -0,14%

Soja Disponível R$ 68,20 0,44%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.