Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 10/12/2019

Cidades - A | + A

residências 23.07.2019 | 11h15

Família de aposentada de 83 anos é a primeira beneficiada do programa de reforma

Facebook Print google plus

Luiz Alves

Luiz Alves

Telha, parafusos, conjunto de aroeira, vigas de madeira. Itens que vão transformar, para melhor a vida de uma família de 10 pessoas e dar um sono mais tranquilo para dona Joaquina, senhora de 83 anos, aposentada, moradora do bairro Planalto e também a primeira beneficiada com a reforma da sua casa pelo programa “Bem-morar”, da Prefeitura de Cuiabá.

 

Com paredes azuis, a casa de dona Joaquina é facilmente reconhecida. Da calçada se pode ver apenas metade do imóvel, já que ele se encontra abaixo do nível da rua. Esta condição é um dos grandes problemas para a dona da casa. Com a idade veio também as limitações físicas e por conta delas, dona Joaquina quase não sai de casa. Quando necessita, só com ajuda consegue superar o alto degrau da escada improvisada que leva a calçada. O acesso a casa é um dos muitos problemas do lar de dona Joaquina. Pelo declive em que se encontra, a casa é escura, praticamente não recebe luz solar. O piso está deteriorado, há problemas de encanamento e infiltração.

 

“Se o prefeito não vem arrumar pra mim eu não sei o que seria, porque quando chovia a água corria dentro desta casa aqui. Descia pela parede, corria no chão e molhava tudo. Eu não tinha sossego pra dormir. Agora eu vou dormir tranquila, vou soltar até foguete”, explicou, feliz da vida, dona Joaquina, que recebeu a visita do prefeito Emanuel Pinheiro e da primeira-dama Marcia Pinheiro, na última sexta-feira (19).

 

Dona Joaquina é a primeira beneficiada do programa “Bem-morar, A Prefeitura Reforma a Sua Casa”, a receber seu projeto de reforma aprovado. O telhado será trocado logo nesta primeira etapa da reforma. Ao todo, 300 famílias de cinco bairros da região leste de Cuiabá serão beneficiadas nesta primeira edição: Vale do Carumbé, Jardim Umuarama, Planalto, Três Barras, Altos da Glória. Um dos requisitos na seleção dos bairros que receberiam o programa foi justamente ser uma área considerada Zona Especial de Interesse Social (ZEIS).

 

Após o estabelecimento da área, a equipe da Secretaria de Habitação realizou um trabalho de campo para selecionar as famílias que mais tinham necessidade do subsídio. Foi aí que conheceram a dona Joaquina, senhora de 83 anos, aposentada, moradora do Planalto que sustenta a família de 10 pessoas, entre filha e netos, com um salário mínimo.

 

“Dinheiro não sobra, é tanta coisa e às vezes tem que pagar um exame, comprar o remédio, mas agora eu achei um filho de Deus que é o Prefeito, e que vai me ajudar”, completou a senhora emocionada.

 

No Bem-morar, cada família beneficiada recebe um cartão reforma com até R$ 12 mil para ser investido em melhorias no lar sem necessitar devolver o valor ao Município. A avaliação da situação do imóvel é feita por equipe de professores do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), que identifica as necessidades de melhorias e elaboram um projeto para a obra. A parceria entre Prefeitura e UFMT foi firmada por meio de um convênio de cooperação técnica entre a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária e Fundação Uniselva, uma oportunidade também de aprendizado para alunos da instituição que colaboram sob supervisão de profissionais qualificados.  

 

Prefeito e primeira-dama explicaram para Dona Joaquina como funciona o programa e como serão as etapas da reforma. Feita a entrega do cartão definitivo, se dirigiram até a loja de materiais de construção mais próxima para finalizar a compra dos itens para a reforma estabelecidos no projeto.

 

“Estou muito feliz, estamos muito felizes em poder realizar o sonho dessas famílias muito carentes, como é o caso da dona Joaquina que sozinha sustenta uma família de vários filhos com um salário mínimo e tem um casa que precisa praticamente de tudo. Aqui a Prefeitura vai estender a sua mão solidária, a sua humanização para que a dona Joaquina tenha uma vida mais digna e uma casa melhor”, declarou Pinheiro.

 

O programa, idealizado pela primeira-dama Márcia Pinheiro integra as ações realizadas pela gestão Emanuel Pinheiro de levar qualidade de vida à população mais carente.

 

“Este programa vai ser um sucesso retumbante, eu tenho certeza, porque nós não estamos melhorando a quantidade de habitações, mas a qualidade, exatamente o que diz a Constituição Federal: moradia digna. E é isso que o prefeito briga e impõe: condição de cidadão!”, comentou o secretário de Habitação e Regularização Fundiária, Air Praeiro.

 

O valor repassado para cada família é calculado a partir das necessidades apontadas no projeto e deve ser destinado 25% para mão de obra e 75% para aquisição de material de construção civil. O recurso para atender a demanda é oriundo da Fonte 100 do Município.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

O Brasil tem casos de indisciplina e bullying na escola acima da média mundial

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 10/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,95 0,60%

Algodão R$ 90,26 0,38%

Boi a Vista R$ 134,25 0,37%

Soja Disponível R$ 65,88 -0,18%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.