Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 06/08/2020

Cidades - A | + A

'paçoca da nega' 06.07.2020 | 13h35

Família se junta para oferecer comidas de festa junina em tempos de pandemia

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Uma festa junina em meio à pandemia do novo coronavírus, respeitando as normas de isolamento social, principal medida para prevenir a covid-19. Essa é a proposta da ‘Paçoca da Nega’, iniciativa de uma família de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.


O projeto começou com o objetivo de comercializar a tradicional paçoca de pilão e logo se estendeu para outros alimentos. Para oferecer os principais atrativos culinários de uma festa junina tipicamente mato-grossense, foram incluídos também Maria Isabel, pé de moleque, curau, canjica e brigadeiro tradicional ou de paçoca.

 

Leia também - Defensor e bilheteiro vítimas de homofobia em MT relatam sentimento de impotência


A 'Paçoca da Nega' é liderada pela professora Eliane Maria Espírito Santo, de 56 anos. Ela usou o talento culinário que cultiva ao longo dos anos, principalmente relacionado a comidas regionais, para dar início ao projeto. Para fazer e divulgar os quitutes, ela tem a ajuda do marido, Otamar Benedito, e da filha, a publicitária Sara.


Nas redes sociais, Sara costuma divulgar diariamente o novo projeto da família. Ela conta com a ajuda de amigos que, encantados com os quitutes, logo compartilham e elogiam os sabores da festa junina em tempos de pandemia.


Há diferentes valores e combos para os clientes: individual (R$ 45 + taxa de entrega) e duplo (R$ 70 + taxa de entrega). Os itens dos combos são: o tradicional bolo de arroz, canjica, curau de milho, paçoca de pilão, pé de moleque, paçoça de amendoim, brigadeiro tradicional e de paçoca. Para completar, por R$ 15 a mais, há também uma refeição de Maria Isabel com farofa de banana.


Para adquirir os produtos, o cliente pode enviar uma mensagem pelo direct do Instagram @pacocadanega ou pelo WhatsApp (65) 9 9316-7117. As entregas são realizadas em Cuiabá e Várzea Grande, com uma taxa de R$ 10. Caso o cliente prefira, pode retirar o produto em um local combinado com a família.


“Somos a família que vai garantir as saborosas comidas típicas de festa junina”, diz Sara.

Galeria de fotos

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 06/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,45 -1,07%

Algodão R$ 95,19 0,52%

Boi a Vista R$ 136,67 -0,02%

Soja Disponível R$ 68,90 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.