Publicidade

Cuiabá, Domingo 20/10/2019

Cidades - A | + A

CONHEÇA O MC PREDILETO 15.09.2019 | 14h00

Gari faz do caminhão de lixo seu palco e fonte de inspiração

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

É no caminhão da coleta seletiva, que percorre todos os bairros de Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte de Cuiabá), que Joeliton Fernandes da Silva, 20, achou uma forma de divulgar por todos os lados as suas músicas. Uma placa escrita à mão chama a população e turistas que passam pelo local para conhecer uma delas, 'Cinderela', disponível em seu canal de YouTube e conta com mais de 3 mil visualizações.

 

Gari no dia a dia, seu trabalho é só mais uma fonte de inspiração. "Eu trabalho na coleta há dois anos. Eu amo o meu trabalho, me sinto livre, consigo compor, cantar, ser eu”, disse.


Quando criança, aprendeu e se apaixonou pela poesia estimulado por uma das professoras. "Eu já sabia ler e escrever, então fui provocado a participar de um concurso de poesias. Eu não tinha interesse, mas me inscrevi e ganhei. Depois disso não parei mais".

 

Leia também - Fã de garis, menino comemora aniversário de 4 anos com direito a uniforme 'oficial'

  

Em meio aos estudos, também cantava na igreja. A aptidão era apoiada pelos pais, que mesmo separados, deram apoio ao rapaz. Teve um bloqueio aos 10 anos de idade depois da morte do pai, foi um ano até voltar a escrever.

"Comecei a escrever bastante poesias, até que um dia, um Mc, o Mc Patrick, perguntou se eu sabia fazer rima. Tentei, ele gostou e só fui praticando, alternando a poesia com a rima".

 

E foi nesse caminho que ficou conhecido já na escola. Tanto é que um professor o convidou para criar o Rap da Corrupção, que ele apresentou em um evento em Cuiabá. Sugia ali o Mc Predileto, nome adotado em homenagem ao amigo. "Ele me chamava de predileto, por eu ser o amigo predileto dele".

Daí em diante, já sabia como seguiria a vida, mas enquanto não podia se profissionalizar como cantor, foi atrás de emprego e ganhou o apoio da então amiga Nilva Silva, com quem hoje está casado há dois meses.

 

Conseguiu na coleta seletiva uma oportunidade do trabalho. Desde então, começou a economizar e a juntar latinhas para realizar o sonho de gravar sua música.

"Fui guardando um pouquinho do salário, economizando como dava e até juntei latinha para vender. Foi assim que fui para Cuiabá, no estúdio do Dj Helinho, e consegui gravar Cinderela".

 

O primeiro verso da música saiu enquanto ele fazia a coleta. Do caminhão, passava pela região do Morro dos Ventos no nascer do sol. "Eu trabalho brincando, fazendo rimas. Então, nesse dia, o sol estava nascendo e falei pro meu amigo, 'o sol nasceu, quem diria', e começou a música aí", disse.

No caderno de composição já são mais de 10. "O pessoal onde eu faço show já conhece. Faço shows aqui na cidade, em Cuiabá, eventos firmeza. Agora, meu objetivo é gravar um clipe, mas também é ter condições para dar uma casa melhor para minha mãe".

 

O rapaz que dar orgulho. "Não é só fazer sucesso, mas servir como inspiração também. Falar sobre poesia, ser reconhecido pela história de vida". Enquanto corre atrás, não larga o sorriso largo pelo qual também é conhecido, as rimas e a musicalidade, especialmente no começo da manhã, quando sai de casa para coletar o lixo.

'Cinderela' pode ser ouvida no canal Mc Predileto, e até a manhã de sábado (7), já contava com 3,6 mil visualizações. Lá, os fãs e curiosos também podem conferir as músicas Jeito Favela e Pegada do Favela.

Galeria de fotos

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Qual será o resultado das discussões sobre fake news no Congresso Nacional?

Parcial

Edição digital

Domingo, 20/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,60 2,76%

Algodão R$ 96,35 0,69%

Boi a Vista R$ 130,50 -0,38%

Soja Disponível R$ 64,75 -0,38%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.