Publicidade

Cuiabá, Domingo 12/07/2020

Cidades - A | + A

pronto-atendimento 29.05.2020 | 07h18

Hospitais estão a mais de 2 km de moradores da periferia da Capital

Facebook Print google plus

Davi Valle

Davi Valle

Quem precisa de pronto-atendimento na saúde da Capital nem sempre encontra perto de casa. Um levantamento realizado pelo IBGE mostrou que dos 40 bairros periféricos de Cuiabá, em 21 os pacientes precisam andar mais de dois quilômetros até a unidade de saúde com suporte médico e estrutura para internação/observação.

 

No Altos da Serra, na região norte da Capital, um morador precisa andar 5,5 quilômetros para assistência médica na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Morada do Ouro. Essa é o bairro em que o atendimento em saúde fica mais longe para os casos de emergência.

 

A distância também é grande para quem mora no Jardim Umuarama, que precisa percorrer 5,2 quilômetros até o pronto-atendimento mais próximo.

 

Leia também - Coren denuncia máscaras de má qualidade destinadas aos servidores da saúde em MT

 

A região norte à qual o Jardim Umuarama pertence tem várias bairros entre as maiores distâncias para atendimento médico, como o 1º de Março (4 km), Três Barras (4,2 km), Novo Paraíso (3,4 km), Wantuil de Freitas (3,7 km). Por lá, esse tipo de serviço depende da UPA Morada do Ouro e da Policlínica do Planalto.

 

Apesar da distância para o atendimento secundário, a saúde básica está perto dos moradores da periferia, através dos postos e centros de saúde. Em todos os 40 aglomerados subnormais, ou seja, nas ocupações ilegais da Capital, a unidade de saúde está a menos de dois quilômetros.

 

Podendo estar mais perto, como no Jardim Vitória, onde se anda uma média de 210 metros para esse serviço ou mais longe, como no Loteamento Sampaio, que as consultas básicas estão a 1,8 quilômetro. Essa também é a realidade do país, onde 79% dos bairros de periferia possuem uma unidade de saúde básica a menos de dois quilômetros.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Domingo, 12/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,00 1,45%

Algodão R$ 93,03 -1,99%

Boi a Vista R$ 136,50 0,00%

Soja Disponível R$ 66,70 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.