Publicidade

Cuiabá, Domingo 12/07/2020

Cidades - A | + A

OPERAÇÃO DE EMERGÊNCIA 17.05.2020 | 14h26

Idoso corre risco de morrer à espera de vaga em UTI no Estado

Facebook Print google plus

Christiano Antonucci/Secom

Christiano Antonucci/Secom

Atualizada às 17h23 - O idoso José Adeito da Silva, 73, corre risco de morte e espera transferência para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sistema Único de Saúde (SUS). O homem precisa de uma operação vascular urgência e conseguiu liminar na Justiça que obriga o Juara e Estado a encaminhá-lo para a unidade, no entanto a Secretaria de Estado de Saúde (SES) alega que não tem vaga.


Leia também -Idoso é encontrado pelos bombeiros horas após pular muro e fugir de asilo no Nortão

A decisão liminar foi obtiva por meio de ação movida para Defensoria Pública do Estado, na sexta-feira (15) com prazo de 12h para a remoção, mas até a tarde deste domingo (17), a determinação não foi cumprida. A multa diária pelo não cumprimento da decisão é de R$ 1 mil, além de outras penalidades.


Segundo informações da Defensoria, o homem foi internado no Hospital Municipal de Juara (695 km ao Norte), no dia 10 de maio. A princípio ele apresentava dores abdominais semelhantes a uma infecção urinária, no entanto depois de 3 dias os médicos identificaram “um aneurisma de aorta abdominal infrarenal, roto tamponado, com compressão sobre o ureter esquerdo”.


Diante o grave quadro, o hospital informou à família que ali não havia UTI nem equipe médica adequada para aquele tipo de operação. Disseram que o pedido de vaga havia sido feito à regulação do Estado, mas não havia leito disponível no momento.


“A família está muito preocupada, pois o senhor José é um idoso e o caso dele é grave. Eles ligaram no sistema de regulação e a informação que receberam é de que não há vaga no SUS. E que diante disso, estariam pedindo orçamentos na rede privada, porém, esses pedidos seriam lidos só a partir de amanhã (18), o que os deixou aflitos. O que precisamos é que o caso seja tratado com a urgência que merece”, explica a defensora Carolina Giordano, que acompanha o caso.


A liminar determinando a transferência foi concedida pelo juiz do Plantão Cível de Várzea Grande, Wladys do Amaral, às 21h38 de sexta-feira (15/5), porém, até o momento as informações por parte do Estado e do município de Juara são de que não encontraram vaga em UTI.

 

Outro lado

A SES foi procurada e encaminhou a seguinte nota:

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) informa que o paciente J.A.S. aguarda um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em hospital referenciado para os procedimentos vasculares. Portanto, a equipe de Regulação do Estado está absolutamente empenhada na transferência do paciente e espera realizar a remoção brevemente.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Domingo, 12/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,70 0,00%

Algodão R$ 99,52 -0,31%

Boi a Vista R$ 136,33 0,46%

Soja Disponível R$ 75,50 0,40%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.