Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 22/11/2019

Cidades - A | + A

Descoberto pela Politec 15.08.2019 | 11h33

Indústria utilizava dispositivo com chip para furtar energia

Facebook Print google plus

Um dispositivo eletrônico com chip telefônico, utilizado para a manipulação de consumo de energia, foi identificado por peritos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), na quarta-feira (14). Ele estava instalado irregularmente ao sistema de medição de energia de uma indústria alimentícia no Distrito Industrial, em Cuiabá. O mecanismo era acionado por telefonia móvel (ligação ou SMS), manipulando o registro de consumo.

 

“O dispositivo funcionava de tal maneira que, quando acionado via telefonia móvel, havia a abertura dos relés (interruptor), que impedia a passagem de corrente elétrica para o medidor, fazendo com que o medidor não registrasse consumo de energia da unidade consumidora. Para controlar o dispositivo é necessário ter os números telefônicos dos chips. O operador do dispositivo poderia controlar os períodos em que o medidor faria o registro do consumo e os períodos que o medidor não faria. O dispositivo foi retirado e será encaminhado a autoridade requisitante”, constatou o perito no laudo pericial.  

 

A perícia foi requisitada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), que conduziu o representante da indústria em flagrante após a constatação da fraude.  De acordo com a Energisa, a empresa deixou de faturar cerca de R$ 2 milhões em consumo de energia.

 

Leia também -  Sinop tem aumento de 12% nos acidentes de trânsito em julho

 

De janeiro a agosto deste ano, a Gerência de Perícias de Engenharia Legal e Meio Ambiente realizou 70 perícias de furto de energia na capital e baixada cuiabana.

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

O que você pensa sobre permitir o trabalho aos domingos para todas as profissões?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 22/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,20 0,71%

Algodão R$ 92,73 0,43%

Boi a Vista R$ 134,00 -0,65%

Soja Disponível R$ 69,76 -0,11%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.