Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 21/09/2020

Cidades - A | + A

levantamento 23.07.2020 | 10h41

Lixão ainda é realidade para 78% dos municípios de MT

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

O lixão ainda faz parte da realidade da maioria das cidades mato-grossenses. Segundo levantamento realizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), dos 141 municípios, 110 ainda utilizam o sistema de lixão ou aterro controlado, o que representa 78% do território no estado.

 

Desde 2010, com a criação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) o descarte do lixo passou a ser planejado, necessitando de um lugar com estrutura específica para impedir danos ao meio ambiente e à saúde pública. Nos aterros, existe impermeabilização do solo para evitar a contaminação e também a drenagem dos líquidos e gases tóxicos provenientes da decomposição dos materiais.

 

Leia também - Prefeitura de MT estabelece multa de R$ 500 para quem descumprir toque de recolher

 

Segundo o Diagnóstico Municipal para a Política Nacional de Resíduos Sólidos, apenas 31 prefeituras já destinam o lixo em aterros sanitários. Entre as cidades polo, Alta Floresta (803 km ao norte da Capital), Juína (735 km a noroeste), Sinop (500 km ao norte), Sorriso (420 km ao norte), Barra do Garças (509 km ao leste) e Cáceres (225 km a oeste) possuem o encaminhamento correto dos dejetos sólidos.

 

No levantamento do CNM, também estão na lista das prefeituras que estão em dia com a destinação do lixo Nova Monte Verde, Lucas do Rio Verde, Santa Rita do Trivelato, Nova Ubiratã, Chapada dos Guimarães, Jaciara, Campos de Júlio, Vale de São Domingos, Canarana, entre outros.

 

Em 15 de julho foi sancionado o marco legal do saneamento básico, que trouxe mudanças na gestão municipal de resíduos. Entre as alterações estão o veto ao apoio técnico e financeiro aos municípios para a eliminação dos lixões e implantação dos aterros sanitários.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 21/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 17,85 0,56%

Algodão R$ 94,29 0,03%

Boi a Vista R$ 137,40 -0,15%

Soja Disponível R$ 65,15 -0,23%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.