Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 26/05/2020

Cidades - A | + A

CONTRATADOS 28.03.2020 | 12h38

Médico de Chapada denuncia atraso de salários há meses

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Médicos contratados pelo Município de Chapada dos Guimarães reclamam atrasos nos salários há meses e o pagamento de fevereiro ainda não foi depositado. Os profissionais são servidores da Gonçalves-Preza Serviços de Assistência em Saúde (LTDA).


Leia também -TCE fiscaliza prefeitos durante calamidade pública por causa do coronavírus

O profissional, que não quis se identificar por temer perseguição, informou ao que desde o começo do ano a situação é a mesma de atrasos.


Relata que os médicos eram contratados diretamente pelo município. Parte do salário era pago pela Prefeitura e outra pelo Governo Federal, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). No entanto, em novembro passado, Chapada rompeu todos os contratos e firmou convênio com a Gonçalves-Preza, por meio da qual os profissionais dispensados foram recontratados.
A partir de dezembro a empresa passou a intermediar os recebimento pela prestação de serviços.


“Antes, quando éramos contratados, o pagamento era todo dia 30. Depois passou para o dia 5, ai dia 10, dia 20, mas até hoje não recebemos o salário de fevereiro. A gente cobra e desconversam, falam que não tem dinheiro em caixa ou que a empresa tem que segurar o atraso”, relata o médico.


O médico conta que o primeiro mês do contrato foi pago porque que os profissionais ameaçaram parar. Mas as irregularidades do repasse se sucedem há meses.


Segundo o denunciante, cerca de 10 médicos estão com recebimento atrasado. Eles atendem nos Postos de Saúde da Família (PSF), Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e Hospital Municipal.


O profissional ainda explica que com a pandemia de coronavírus Covid-19 os médicos estão sobrecarregados, o treinamento é básico e equipamento de proteção individual (EPI) escasso.

 

Outro lado
A reportagem tentou contato com a empresa Gonçalves-Preza por meio do telefone disponível, mas ele não funciona. A Prefeitura de Chapada foi procurada e não atendeu às ligações, bem como não respondeu as mensagens.

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

silvia - 19/05/2020

A unidade mamãe canguru localizada no hospital jardim Cuiabá também não esta diferente, estamos com o salario atrasado e ninguém nos da nenhuma satisfação, o nosso tiket alimentação esta atrasado ha mais de 8 meses, estamos sem condições de trabalhar devido não termos mais dinheiro para pagar condução e se faltarmos seremos descontados e penalizados, não sabemos o que fazer visto que de muitos é a unica fonte de renda familiar. gostaria que alguem pudesse nos orientar

1 comentários

1 de 1

Enquete

A constante troca de ministros pelo presidente Jair Bolsonaro compromete a sua gestão?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 26/05/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,20 2,42%

Algodão R$ 91,07 -1,12%

Boi a Vista R$ 132,95 0,21%

Soja Disponível R$ 67,80 -0,44%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.