Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 10/07/2020

Cidades - A | + A

EMPREGO E COMIDA 13.05.2020 | 07h39

Mesmo com fiscalização, venezuelanos voltam aos semáforos com crianças

Facebook Print google plus

Sem emprego, venezuelanos que escolheram Cuiabá para recomeçar a vida voltaram às ruas, com crianças, pedindo ajuda. Os imigrantes tinham diminuído a presença nas esquinas da cidade por causa da pandemia de covid-19, no entanto, aos poucos famílias inteiras voltaram para os semáforos da Capital. Mesmo com as ações da prefeitura , é comum ver a movimentação desses imigrantes, que pedem dinheiro, comida, fraldas e emprego.

 

O Conselho Tutelar tem feito abordagens aos estrangeiros para segurança das crianças e as ações serão intensificadas nas próximas semanas, com encaminhamento para a Justiça, daqueles que resistirem em ficar na rua.


Leia também -Derrubado em 2015, novo mirante começa a ser construído no Parque Mãe Bonifácia

 

O processo de interiorização dos venezuelanos que estavam em Roraima começou em abril de 2018. Fugidos do país natal, eles estavam em abrigos no estado, até que passaram a ser encaminhados para outras cidades que pudessem recebê-los.

 

Chico Ferreira

Venezuelano

 

O primeiro grupo, de 70 venezuelanos, chegou em 30 de abril de 2018 e desde então a vinda de novos imigrantes é constante. Alguns foram para a Casa do Migrante e outros ficaram na rua pedindo ajuda. A Prefeitura de Cuiabá faz ação orientava para que a segurança das famílias, oferecendo abrigo, documentação e ajuda para emprego.


De acordo com o coordenador do Conselho Tutelar, Davino Arruda, por conta da pandemia as fiscalizações são feitas, porém, não com a intensidade habitual. Devido ao risco de contaminação para as famílias e para os servidores, não há proximidade. Além disso, assim que veem o carro da prefeitura, os imigrantes fogem.


“Com a liberação do isolamento devemos fazer blitze e abordagens com ajuda da Semob e equipe técnica nos próximos dias. Sem isso, é complicado, porque eles se evadem assim que veem o veículo do município e é um risco para as crianças. Elas podem se desesperar e correr entre os carros ou ficarem para traz nessas situações”, explica o coordenador.


Durante a ação, as famílias que continuarem com crianças na rua serão encaminhadas para a Vara da Infância que tomará providências quanto a exposição dos menores nas ruas.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

CORONA - 13/05/2020

RUA DA VITÓRIA, BAIRRO ALVORADA, e a RUA OSÓRIO DUQUE ESTRADA, BAIRRO ARAÉS, PERTO DO JOÃO CAVALO, PONTOS TRÁFICO DE DROGAS MAIS CONHECIDOS DA CIDADE DE CUIABÁ. Lá o CV manda e desmanda e faz o que quer. Boca de fumo nessas ruas é o que não falta.

1 comentários

1 de 1

Enquete

Governo federal está liberando R$ 1.045 do FGTS por trabalhador para movimentar a economia. O que você fará com o benefício?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 10/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,95 0,50%

Algodão R$ 96,32 0,55%

Boi a Vista R$ 138,30 -0,32%

Soja Disponível R$ 62,90 -2,48%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.