Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 15/10/2019

Cidades - A | + A

Graça alcançada 04.07.2019 | 18h43

Milagre, fé e devoção motivam voluntária de São Benedito

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

No pique da fé! Amadinha! É assim que a bancária aposentada Vanildes Maria da Silva, 71, recebe qualquer visitante que passa pela cozinha da Festa de São Benedito – tradicional evento que abre a programação festiva logo mais às 19h, no Centro de Eventos do Pantanal.

 

Leia também - Música, folclore e delícias culinárias na Festa de São Benedito

 

Voluntária na cozinha há 3 anos, Vanildes conta que sempre sonhou em trabalhar para o santo negro, mas as vagas sempre foram muito concorridas. “Eu dizia: quero estar aqui com São Bendito! Demorou, mas graças a Deus eu consegui entrar para o grupo que atua no preparo de todo esse delicioso banquete que é servido durante os dias da festa”. 

 

Nascida em Acorizal (a 62 km ao Norte de Cuiabá), Vanildes veio ainda pequena para a Capital com a família católica – muito devota ao santo. Anteriormente, a senhora simpática, de sorriso largo, se dedicava aos trabalhos voluntários na comunidade da Igreja de Santa Rita Declarando-se cuiabana de chapa e cruz, ela explica que a relação com o santo vem desde a infância, ouvindo a mãe pedindo intercessão e recorrendo a São Benedito nos momentos de aflição. 

 

João Vieira

Cozinha / São Benedito / Centro de Eventos do Pantanal / Festa de São Benedito

 

“Por toda essa fé, minha mãe teve milagre com São Benedito. Meu irmão sofria de epilepsia na infância. Por diversas vezes, ao ser socorrido e levado ao antigo pronto-socorro na rua Antônio Maria, os médicos insinuavam que ela não tratava bem do menino e que não cuidava dele como deveria. Então, revoltada com aquela situação, que não era verdade, um dia ela disse a eles: se São Benedito existir, meu filho nunca mais vai chegar aqui! Ele vai voltar só se o santo não existir”, relembra. 

 

Vanildes afirma ainda que, a partir desse dia, o irmão nunca mais sofreu um ataque epilético. “Ele morreu muitos anos depois de acidente de carro, mas sem ter tido mais nenhuma crise”, se emociona, lembrando que sua família sempre manteve viva a religiosidade e devoção ao santo popular.

 

Preparação dos alimentos 

Vanildes perdeu a conta de quantos quilos de carne cortou nos últimos dias. Assim como ela, outros 40 voluntários se revezaram na tarefa do pré-preparo dos alimentos que serão servidos nas barracas de São Benedito. Nas tendas exclusivas da igreja serão oferecidos ao público os tradicionais pratos da cozinha cuiabana: maria izabel, farofa de banana, tutu de feijão, além de paçoca de pilão.

 

Viviane Saggin

Festeiros de São Benedito nos preparativos

 

Há um mês os trabalhos se intensificaram na cozinha da igreja. E não poderia ser diferente, já que são necessário preparar dois mil kg de carne para paçoca de pilão, 3 mil kg de carne seca e 800 kg de arroz para o preparo da tradicional maria Izabel, 70 caixas de banana da terra, além de 400 kg de feijão. 

 

Na manhã desta quinta-feira, a rotina da cozinha foi modificada. Os voluntários fizeram a transferência de todo o alimento pré-preparado, dezenas de panelas, utensílios e insumos para a cozinha do Centro de Eventos do Pantanal, onde darão continuidade ao preparo e finalizarão os pratos. 

 

“Aqui, podemos contar com uma estrutura adequada, com equipamentos industriais e apoio de pessoas qualificadas para nos auxiliar”, comemora a voluntária, destacando que tudo está sendo preparado com muito carinho para receber os devotos e comunidade em geral. 

 

A programação no Centro de Eventos começa às 18h e vai até as 23h. As atrações da noite são UFMT Festejando Com Cuiabá, grupo de Siriri Flor do Campo e a dupla cuiabana Júnior & Nando.

Já no entorno da Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, todos os dias, a partir das 5h, tem missa campal e o tradicional chá com bolo.  

Galeria de fotos

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Ter um diploma leva a uma maior remuneração?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 15/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,50 1,49%

Algodão R$ 93,46 0,53%

Boi a Vista R$ 138,75 0,18%

Soja Disponível R$ 61,40 -1,29%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.