Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 09/04/2020

Cidades - A | + A

monitoramento diário 28.02.2020 | 18h07

Ministério da Saúde registra 3 casos suspeitos de coronavírus em MT

Facebook Print google plus

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

Três casos suspeitos de coronavírus foram reconhecidos pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (28), após notificação da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT). Os casos começaram a ser registrados na última quarta-feira (26), no entanto, seguem em investigação.

 

O primeiro caso foi notificado em Alto Taquari (479 km a Sul de Cuiabá). O paciente mato-grossense é um homem de idade média, que deu entrada na rede pública de saúde por volta das 16h de quarta-feira (26), apresentando os sintomas da contaminação.

 

Os outros dois casos de suspeita foram levantados em Glória do Oeste (312 km a Oeste) e Sorriso (420 km ao Norte). Ambos os pacientes apresentaram sintomas relativos à doença respiratória e possuem histórico de viagem para países com circulação do novo vírus confirmados.

 

Leia também - Paciente com suspeita de coronavírus em MT sofre ataques nas redes sociais

 

Conforme a assessoria da SES, as três suspeitas de Mato Grosso serão atualizadas nos próximos dias pelo site do Ministério da Saúde, na Plataforma Ivis, que no momento está sobrecarregada. A última atualização foi nesta sexta-feira, às 16h10.

 

Recomendações

 

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

 

As recomendações de prevenção incluem lavar as mãos, limpar objetos tocados frequentemente e também cobrir a boca e o nariz ao espirrar. “Primeira coisa, sempre tem que higienizar as mãos. Se você estiver muito ruim, clinicamente, procurar atendimento médico. Higienizar objetos como o celular também. Não é uma regra, mas é interessante evitar viajar pra esses lugares que estão tendo casos confirmados”, explica o médico infectologista Francisco Kennedy.

 

Sobre o uso de máscaras, a mais recomendada é a n95. Porém, seu uso deve ser feito por profissionais da saúde e pessoas que vão visitar locais com casos confirmados ou ter contato com alguém infectado. Do contrário, a máscara cirúrgica pode ser utilizada.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

A cloroquina está liberada para o tratamento dos pacientes do coronavírus no Brasil, mas a polêmica continua

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 08/04/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,70 1,22%

Algodão R$ 93,26 -0,22%

Boi a Vista R$ 134,73 -0,57%

Soja Disponível R$ 71,20 -1,11%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.