Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 26/10/2020

Cidades - A | + A

veja vaquinha 07.12.2019 | 17h36

Motorista de caminhão na Venezuela, imigrante sonha em regularizar CNH em Mato Grosso

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Reprodução

Reprodução

Venezuelano Pedro Manoel Sanchez, 55, era caminhoneiro em seu país de origem até que, quando veio para Cuiabá para fugir da crise econômica, encontrou na venda de garrafas de água e balinhas no semáforo a forma de seu sustento.

 

Leia também - PM resgata capivara andando no centro de Cuiabá; veja vídeo

 

Quase um ano após chegar no Brasil e ter oportunidades de trabalho frustradas e se submeter a subempregos, seu sonho é regularizar sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para conseguir trabalhar na sua profissão de origem. 

 

Por isso, amigos organizaram uma 'vaquinha' virtual com o intuito de arrecadar R$ 800 para arcar com os trâmites do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT). Uma autoescola nas proximidades de onde trabalha atualmente, no bairro Morada do Ouro, se comprometeu a ficar a frente do processo. 

 

"Eu vim direto para Cuiabá, depois fui trabalhar em uma chácara no interior por quase 5 meses, mas precisei voltar porque o dono da chácara não era realmente o dono. Eu voltei para cá e comecei a trabalhar na rua. Meu amigo me deu um pacote de chiclete e comecei a trabalhar", contou em portunhol à reportagem do

 

Com a venda nos semáforos, consegue arrecadar cerca de R$ 50 por dia. O dinheiro que consegue é destinado ao pagamento do seu aluguel, de água e gastos com alimentação. O pouco que sobra ele envia à sua mãe e aos três filhos, que ainda vivem na Venezuela. 

 

Sua vontade de trabalhar como caminhoneiro vem da necessidade de conseguir uma renda maior para, quem sabe, trazer a mãe e uma filha menor de idade para Cuiabá. Além de tentar levar uma vida melhor na capital mato-grossense. 

 

Para ajudar o venezuelano, acesse o link da Vakinha. Até a publicação desta matéria, foram arrecadados R$ 255.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com abertura do comércio, bares, igrejas e retomada de festas, você já retomou à rotina?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 26/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 2,52%

Algodão R$ 125,19 1,55%

Boi à vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 161,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.