Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 24/09/2020

Cidades - A | + A

alto risco 23.07.2020 | 12h03

MPE pede mais 14 dias de quarentena obrigatória em Cuiabá e VG

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

O Ministério Público do Estado (MPE) pediu mais 14 dias de quarentena coletiva obrigatória em Cuiabá e Várzea Grande caso a classificação de risco continue muito alta na região metropolitana. A expectativa é que o juiz da Vara Especializada da Saúde Pública de Mato Grosso, José Leite Lindote, decida sobre a restrição ainda nesta quinta-feira (23), quando acaba o prazo da decisão anterior.

 

O MPE pediu ao governo do Estado informações sobre a classificação de risco em Cuiabá e Várzea Grande em até 24 horas. No entanto, os últimos boletins da Secretaria de Saúde (SES) mostraram que a situação de alta ocupação das unidades de terapia intensiva (UTI) continua, assim como a média de mais de 40 mortes diárias pela covid-19.

 

Leia também - Emanuel consulta Justiça sobre abertura de salões e academias

 

Segundo o MPE os pedidos “não atendem a quaisquer desejos arbitrários, mas apenas e tão somente na aplicação das medidas juridicamente previstas pela Autoridade Sanitária Estadual em face da situação de risco existente na metrópole da Capital”.

 

Na Capital, o fechamento das atividades não essenciais completa 28 dias nesta quinta-feira. Foram inicialmente 14 dias, com prorrogação de mais 7 dias. O pedido de quarentena coletiva obrigatória tem o objetivo de reduzir a transmissão do novo coronavírus na região metropolitana, que concentra grande parte dos casos da doença no estado. (Com informações da assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

rodnei - 23/07/2020

Saiam das trevas da desinformação. Gente na rua, gente trasnmitindo, hospitais enchendo, gente morrendo.(leia-se gente pobre morrendo).Afinal, rico vai pra SP, pro Einstein e Sírio. O Estado e Município, devem fiscalizar de verdade. No parque das águas, os bacanas criados a pão de ló, correndo sem máscaras, estão se lixando pra quem está na casa deles fazendo a faxina ou lavando suas cuecas e sua calcinhas. Ai voltam da corrida, contaminam e ainda demitem. Tem que fechar sim, mas, só se houver regras severas. Tirar as pessoas da rua. Agora, manter fechado sem fiscalizar, sem as pessoas respeitando a determinação, nada, nadinha adianta.

1 comentários

1 de 1

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 24/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,20 -0,49%

Algodão R$ 97,12 0,17%

Boi a Vista R$ 134,50 0,37%

Soja Disponível R$ 65,10 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.