Publicidade

Cuiabá, Sábado 28/03/2020

Cidades - A | + A

fatores ambientais 05.02.2020 | 07h25

Peixes de lago em Lucas do Rio Verde morrem 'de calor'

Facebook Print google plus

Ascom

Ascom

Um cardume de peixes morreu no lago Hari Müller, em Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte de Cuiabá), na primeira quinzena de janeiro deste ano. Após chamar a atenção da população, que apontou que a água estaria suja, a Prefeitura concluiu que os peixes morreram em decorrência de calor excessivo.

 

Conforme a prefeitura, após a morte dos peixes, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente realizou a análise de uma amostra de água retirada do lago, que foi encaminhada para um laboratório especializado em meio ambiente.

 

Leia também - Sem ventilação, presos enfrentam várias doenças na PCE

 

O laudo não apontou irregularidades na água que possam ter matado os peixes. Ainda de acordo com os especialistas, a mortandade foi causada por fatores ambientais.

 

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Márcio Albieri, explica que um dos fatores que levou a morte dos peixes foi o calor excessivo, além da profundidade do lago, que pode ter favorecido o calor.

 

“Segundo o relatório, a água está dentro da normalidade. O que causou a morte dos peixes foi um aquecimento, devido à alta temperatura que tem feito nos últimos dias. O lago é represado e não tem grande profundidade, infelizmente houve esse aquecimento, causando a fatalidade”, explica.

 

As informações da pasta também indicam que a temperatura da água é um dos fatores ecológicos mais importantes para os peixes, sendo que a tolerância a temperaturas extremas depende da espécie, do estágio de desenvolvimento e do período de aclimatação a que foram submetidos os organismos.

 

No entanto, o secretário da pasta não deixou de apontar que existe muito lixo na beira do lago. “Nossa equipe encontra latas de refrigerantes, cervejas e outros resíduos quando vão fazer a limpeza do lago, isso tem um impacto ambiental muito grande, o que pode causar a morte de peixes também”, critica.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

luiz - 05/02/2020

SEM CONTAR UMA EMPRESA DA BRF E PLANTAÇÕES DE SOJA QUE TEM LOGO ACIMA DO LAGO SERA SE NAO FOI ALGO JOGADO NO LAGO E NA LAVOURA QUE TENHA CONTAMINADO ESSES PEIXES, É UM ABSURDO PLANTAÇÕES DE SOJA DENTRO DA CIDADE.

1 comentários

1 de 1

Enquete

Em relação às medidas adotadas pelas autoridades contra o coronavírus, você considera que:

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 27/03/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,20 0,71%

Algodão R$ 90,32 0,02%

Boi a Vista R$ 135,00 0,00%

Soja Disponível R$ 68,80 -0,29%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.