Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 12/11/2019

Cidades - A | + A

Decisão judicial 10.10.2019 | 19h30

PF encerra operação em garimpo e maquinários são destruídos

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Divulgação

Divulgação

Mesmo com o clamor dos garimpeiros - e até mesmo a Prefeitura de Aripuanã (1.002 km a noroeste de Cuiabá) - os objetos apreendidos durante operação que desarticulou o local de extração de minérios na cidade foram destruídos pela Polícia Federal (PF) entre terça (8) e quarta-feira (9).

 

Leia também - Maquinário apreendido pela PF em garimpo mostra esquema estruturado de extração

 

A ação é praxe e cumpre decisão judicial que determinou que os objetos fossem queimados e o ambiente implodido (veja vídeos abaixo). O garimpo era constituído por um extenso maquinário e estima-se que ao menos 2 mil pessoas trabalhassem na região.

 

Sem autorização para recuperarem seus bens, os garimpeiros também deixaram para trás alguns animais domésticos. Seis cães e dois gatos foram resgatados e encaminhados a uma empresa especializada em acolhimento de animais. Em seguida, eles foram encaminhados para a adoção.

 

Ação realizada em conjunto com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) teve como objetivo reduzir o impacto ambiental e problemas de violência no município. Ainda não há como mensurar os danos ambientais, a riqueza extraída e apontar responsabilidades e omissões.

 

Sentença da Justiça Federal se baseou na investigação da PF, iniciada há três anos. De acordo com o delegado Carlos Henrique D'Ângelo, a primeira etapa visou os indivíduos que lucram milhões de reais com o garimpo ilegal e exploram a mão de obra com a promessa de ouro fácil.

 

“Na primeira fase foram expedidos seis mandados de prisão, foram quatro presos e dois foragidos. Eles compram e vendem o ouro, sem nenhuma ação oficial, sem recolher tributo, já identificamos inclusive que parte desse ouro vai para fora do país de forma ilícita para enganar as autoridades, isso é evasão de divisas. Houve bloqueio de conta, fechamento de atividades empresariais, lavagem de dinheiro”.

 

Em ação contínua, depois da implosão do garimpo membros da Perícia e Identificação Ténica (Politec) realizaram perícia em motocicletas que estavam no local para avaliar se estavam clonados, além de fazer local de crime e exame de eficiência de arma de fogo no fuzil do Bope e nas espingardas do garimpeiro que morreu durante a operação.

 

Veja vídeo

 

Galeria de fotos

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

O fraco desempenho de um time de futebol é culpa do técnico ou jogadores?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 12/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,51 -6,87%

Algodão R$ 95,99 -1,47%

Boi a Vista R$ 135,33 0,37%

Soja Disponível R$ 66,60 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.