Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 27/11/2020

Cidades - A | + A

EM NOSSA SENHORA DO LIVRAMENTO 21.10.2020 | 17h51

Ponte amanhece queimada e comunidade cita disputa política

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Popularmente conhecida como Ponte do Carandá, uma das passagens que dá acesso à comunidade de Figueiral, em Nossa Senhora do Livramento (42 km ao sul de Cuiabá) amanheceu destruída após ter sido alvo de um incêndio nesta quinta-feira (21). A população local acredita que o fogo possa ter sido causado para satisfazer algum tipo de provocação política, por conta do período de disputa eleitoral.

 

Ao portal , uma das professoras da Escola Municipal Betina Tavares, centro educacional que atendem à população de Figueiral, apontou que em mais de 15 dando aula na região nunca presenciou nenhum tipo de ato como o este. "Aqui não acontece isso, nunca vi esse tipo de vandalismo", apontou a mulher, que preferiu não se identificar.

 

Leia também - Suspeito de matar policial de MT é preso em MS após mais de um ano

 

Reprodução

Ponte do Carandá

Registro da ponte antes do fogo

A ponte é uma das três passagens que conectam a área central do município de Nossa Senhora do Livramento à comunidade de Figueiral - que conta com cerca de 250 pessoas. Com a destruição de uma das conexões, a população deverá utilizar algum dos outros dois acessos, que estão em Ribeirão dos Cocais, distantes cerca de 4km da cidade.

 

O sentimento de indignação acendeu entre os moradores da comunidade conforme a notícia da ponte queimada se espalhou ao longo do dia. Sem saber ao certo quem ou por qual motivação a passagem foi queimada, parte da população acredita que o incêndio foi provocado para ser utilizado de alguma forma como subterfúgio eleitoral, isto é, uma motivação para que os participantes do pleito possam trocar acusações entre si.

 

Em imagens recebidas pela reportagem é possível ver o antes o depois da ponte após o incêndio. Vídeo gravado pela população mostra o momento em que a passagem era consumida pelo fogo. Veja a gravação completa a seguir:

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você concorda com o retorno das aulas presenciais em fevereiro ou acha melhor esperar a vacina?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 27/11/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 62,00 0,00%

Algodão R$ 125,50 1,52%

Boi à vista R$ 252,87 -0,48%

Soja Disponível R$ 159,00 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.