Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 13/08/2020

Cidades - A | + A

região do araguaia 03.07.2020 | 12h28

Prefeito Roberto Farias recorre ao presidente Jair Bolsonaro para salvar indígenas

Facebook Print google plus

Assessoria/Prefeitura de Barra

Assessoria/Prefeitura de Barra

Depois de se reunir por videoconferência com a bancada federal de Mato Grosso e com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, para a implantação de medidas urgentes para salvar vidas nas aldeias indígenas na região de Barra do Garças, o prefeito Roberto Farias resolveu recorrer ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

 

Na quinta-feira (2), o prefeito encaminhou ao presidente o pedido para a instalação em regime de urgência, de um hospital de campanha gerido pelo Exército ou organização social coordenada pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) para o enfrentamento do novo coronavírus nas aldeias e tratamento dos indígenas infectados.

 

Roberto Farias informou ao presidente já ter encaminhado ao secretário Especial de Saúde Indígena, Robson dos Santos da Silva, as medidas tomadas em Barra do Garças, como a transformação dos 32 leitos da UPA para casos de coronavírus e a instalação de 10 leitos de UTI para Covid-19.

 

O prefeito apontou ao presidente que a única solução é a instalação do hospital de campanha, contudo, o município não dispõe de estrutura física, equipamentos, materiais, mobiliário, insumos e recursos humanos necessários para montar a unidade. “Necessitamos da ajuda do Ministério da Saúde e do Estado para que essa ação seja concretizada com a máxima urgência”, disse Roberto Farias.

 

O presidente foi informado também do número de óbitos registrados por covid-19 e pacientes indígenas internados na UPA e nos leitos de UTI instalados pelo município e Estado em Barra do Garças. Jair Bolsonaro foi cientificado também que o Vale do Araguaia possui uma população de 21.962 índios da etnia Xavante dependem da estrutura de saúde local.

 

A Prefeitura de Barra do Garças já conseguiu as instalações do Senai, recentemente desativada, para a implantação do hospital e encaminhou a Sesai planilhas com os custos para a viabilização da unidade.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 13/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,75 2,46%

Algodão R$ 92,02 -0,63%

Boi a Vista R$ 130,00 0,08%

Soja Disponível R$ 64,30 -0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.