Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 27/05/2020

Cidades - A | + A

CURVA CRESCENTE 31.03.2020 | 13h24

Projeção aponta 81 casos de Covid-19 em MT no dia 6

Facebook Print google plus

Secom

Secom

Um estudo de acompanhamento e projeção dos casos de coronavírus Covid 19, desenvolvido por professores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), aponta que o número de infectados em Mato Grosso deve quadruplicar nos próximos dias.

 

Em 6 de abril, serão 81 casos confirmados no estado, caso a velocidade de contágio siga o fluxo atual. No site do projeto é possível ver dados atualizados de todo o Brasil. Nesta segunda-feira, no Estado havia 18 pessoas infectadas.


Leia também -Faltam máscaras, álcool em gel e até óculos de proteção em hospitais de MT

No ar desde a semana passada, o projeto coronavírus no Brasil é atualizado diariamente. O gráfico mostra os casos confirmados e, com cálculo estatístico, aponta a projeção de confirmação para os próximos 7 dias.

 

Reprodução

projecao covid 19 ufmt

 

 

 

Idealizado pelos professores Anderson Castro Soares de Oliveira e Lia Hanna Martins Morita, o estudo surgir da necessidade de levar informação precisa à população. “A situação e muito preocupante. Queríamos que não fossem esses os números, mas os dados do Ministério da Saúde têm confirmado nossas projeções de crescimento dos casos”, afirma o docente.

 

Divulgação

professor Anderson Castro Soares de Oliveira ufmt

 

De acordo com o professor, o gráfico do estudo está compatível com os dados oficiais dos estados. Ele só não bate com as informações de São Paulo.

 

Para a cidade, o estudo tem mostrado maior número de contaminados do que o real. “Isso se explica porque a contaminação tem diminuído. As medidas de combate foram efetivamente implementadas. Diferente dos outros estados e de Mato Grosso. Era esperado que, com as medidas contra a contaminação, o número de infectados desacelerasse, mas não é isso que ocorre”, explica.


Apesar dos decretos municipais e do Estado para restrição do transito de pessoas e aglomeração, muita gente ainda está na rua, desobedecendo as ordens de prevenção. Na semana passada, a Polícia Militar fechou 70 bares e prendeu 25 pessoas que insistiam em desrespeitar o “toque de recolher”.


O último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) apontava que, até o dia 30 de março, Mato Grosso tinha 18 casos confirmados da doença. No próximo dia 6 de abril serão pelo menos 56 casos confirmados, no entanto a variação máxima do estudo mostra que esse número pode chegar a 117, tendo a média de 81 casos.

 

O primeiro infectado no Brasil foi confirmado no dia 26 de fevereiro e em Mato Grosso, no dia 1 de março.

O site com os dados pode ser acessado aqui

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

A constante troca de ministros pelo presidente Jair Bolsonaro compromete a sua gestão?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 27/05/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,30 -1,22%

Algodão R$ 92,57 -0,17%

Boi a Vista R$ 131,27 -0,46%

Soja Disponível R$ 67,10 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.