Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 19/11/2019

Cidades - A | + A

DIA DE FINADOS 02.11.2019 | 14h38

Psicopedagoga ensina como pais devem falar sobre morte com crianças

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Assunto delicado até mesmo para os adultos, a morte é um tema inevitável para ser falado às crianças. Mas, como e quando abordá-lo? Psicopedagoga há quase 40 anos em Cuiabá, Ivete Barros afirma que não há uma idade certa ou uma fórmula mágica para os pequenos começarem a entender o que é a morte.

 

A especialista também alerta que, independente da idade ou situação – se um animal de estimação, parente próximo, amigo ou conhecido distante faleceu -, mentir para as crianças não deve ser considerada uma opção.

 

“Se os pais escondem ou mentem para o filho que um tio, amigo ou o cachorro morreu, pode haver quebra de confiança e isso pode vir a refletir no relacionamento futuramente. Caso a criança seja muito pequena, falar em metáforas ou ir explicando aos poucos que não será mais possível ter contato físico com aquela pessoa ou bicho de estimação pode, aí sim, ser uma opção”, explica Ivete, que além de psicopedagoga é proprietária do Educandário Jardim das Goiabeiras, em Cuiabá.

 

Ainda, conforme Ivete, até os 7 anos de idade os pequenos criam muitas fantasias, que ajudam a elaborar seu mundo interno. “É válido, sim, falar que a pessoa virou uma estrela no céu, que é permitido sentir saudades e, algumas vezes, ficar tristinho. O importante, sempre, é mostrar para as crianças que a vida é feita de despedidas, que há o luto e que ele tem suas fases”, completa.

 

Dia de Finados – Se o dia 1º de novembro é marcado como ‘Dia de Todos os Santos’, o dia seguinte, 02 de novembro, se tornou mundialmente conhecido como Dia de Finados.

 

A data é vista em alguns países como o momento específico para celebrar a memória daqueles que se foram. No Brasil não é diferente. Muitas famílias tem por hábito irem até cemitérios para levarem velas e flores para seus entes queridos.

 

“Este momento, para algumas famílias, pode ser importante para apresentar às crianças o tema da morte. É claro que tudo depende de religião e crenças. Mas, como já disse e reforço, o ideal é que a morte venha a ser tratada ainda na infância, sem mentiras ou grandes invenções”, pontua Ivete Barros.

 

Luto

– Outro tema de relevância, conforme a psicopedagoga, é entender que o luto tem fases, perceber se as crianças estão passando por elas e como estão atravessando este momento. “Às vezes, ajuda psicológica é fundamental”, disse.

 

Confira as fases do luto:

 

Negação
A criança pode não acreditar que a pessoa faleceu, isso gera um desconforto enorme em relação à percepção da realidade.

 

Raiva
O pequeno pode apresentar um comportamento agressivo na escola, ou com amigos e família.

 

Negociação
Nessa fase a criança tende a fazer promessas para rever o parente. Isso ajuda a acalmar o sentimento de perda, mas, ao mesmo tempo, leva à próxima fase que é…

 

Tristeza
Quando perde alguém a criança sente uma tristeza enorme. Nesse caso é algo mais profundo, nessa etapa a perda e o fim são encarados.

 

Aceitação
Apesar de ser extremamente dolorido vermos nossos pequenos tristes, é essa tristeza natural do luto que o ajudará a passar pela fase da aceitação da perda e aprende a lidar com aquele sentimento.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

O que você pretende fazer com o 13º salário?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 19/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,80 -0,50%

Algodão R$ 94,77 -0,50%

Boi a Vista R$ 136,50 0,00%

Soja Disponível R$ 69,60 0,87%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.